Domingo, 14 de Julho de 2024
10°C 16°C
Curitiba, PR
Publicidade

Enzo Bedani e Erick Schotten terminam etapa com vitória em pista molhada no Velocitta

Luta pelo título e vaga no grid da Stock Car Pro em 2025 esquentou de vez depois do desfecho da terceira rodada da temporada. Arthur Gama e Enzo Bedani agora são separados por apenas sete pontos.

01/07/2024 às 15h45
Por: VITOR GARCIA
Compartilhe:
Erick Schotten venceu pela primeira vez na divisão de acesso neste domingo | Victor Eleutério/Stock Car
Erick Schotten venceu pela primeira vez na divisão de acesso neste domingo | Victor Eleutério/Stock Car

Foi com muita emoção que a Stock Series concluiu neste domingo (30/06) a terceira etapa da temporada 2024. A chuva deu um tempero extra para que as corridas 2 e 3 da rodada realizada no Autódromo Velocitta fossem muito agitadas e, no caso da terceira e última prova do cronograma, ganhasse ares de loteria, tamanha foi a imprevisibilidade. A manhã foi de muita festa para a W2 Racing ProGP, que venceu com Enzo Bedani na Corrida 2, enquanto o estreante Erick Schotten subiu ao topo do pódio pela primeira vez na categoria de acesso na disputa que complementou a etapa.
Em termos de campeonato, se antes do fim de semana Arthur Gama chegou a Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, com vantagem de 23 pontos para Bedani, agora a diferença entre os dois ponteiros da tabela é de apenas sete tentos. O piloto da Artcon terminou a segunda prova do fim de semana em terceiro lugar, mas abandonou após um incidente na corrida complementar e viu o adversário “crescer no retrovisor”, acirrando ainda mais a batalha pelo título da Stock Series e pelo superprêmio equivalente a R$ 2,5 milhões para o campeão subir ao grid da Stock Car Pro em 2025.
Enzo Bedani destacou o resultado conjunto obtido neste domingo e a chance de lutar pela taça de campeão da categoria de acesso. “Foi um domingo muito bom, com vitória em uma corrida muito disputada. Fomos bem rápidos e mostramos muita velocidade. Tivemos alguma infelicidade na segunda prova de hoje, mas ainda assim consegui terminar fazendo pontos. A pista estava com alguns pontos molhados e outros secos, você tinha de se achar para fazer sua corrida. Foi muito desafiador”, descreveu o paulista de 16 anos.

Schotten vem do automobilismo americano para fazer sua primeira temporada na Stock Series. O catarinense de 17 anos triunfou em sua nona corrida na categoria, vibrou muito e lembrou do revés sofrido em Cascavel, quando escapou da pista no momento em que liderava a Corrida 3 da etapa.

“É uma superação incrível para mim. Foi aqui, na Fórmula Delta, que venci pela última vez, em 2022. Depois, tive uma temporada internacional, que foi muito dura, mas também positiva. E voltei nesse ano para correr na Stock Series. Entendi o que aconteceu em Cascavel, onde infelizmente não consegui converter nossa posição em vitória, mas o trabalho vem sendo recompensado. É sobre tirar um peso das costas. Estou há muito tempo dedicado a ganhar corrida, a encontrar o melhor setup, a melhor performance, então é uma conquista muito grande para mim hoje”, comemorou Erick.

Bedani luta para vencer Corrida 2 — Depois do triunfo alcançado por Gama na Corrida 1, no sábado, foi a vez de Enzo Bedani largar na pole position da prova que abriu os trabalhos deste domingo, tendo o gaúcho ao seu lado. Outro piloto do Rio Grande do Sul, o “rookie” Guto Rotta, partiu do terceiro lugar, com Mathias de Valle completando a segunda fila e Vinícius Papareli em quinto.

A prova começou com a pista úmida, resultado da chuva que deu as caras na região do Autódromo Velocitta desde as primeiras horas da manhã. Bedani largou bem e sustentou a ponta, mas foi muito pressionado por Gama, e Papareli ganhou duas posições para subir à terceira posição.

Ainda na primeira volta com bandeira verde, em manobra que teve lado a lado Bedani, Gama e Papareli, o gaúcho tentou a ultrapassagem, mas escapou e rodou, tendo assim de fazer uma prova de recuperação. Bedani seguiu na pista em primeiro, seguido por Guto Rotta e Papareli. Arthur lutou com Mathias de Valle e subiu para quarto.

Nas voltas seguintes, foi Papareli quem cresceu no pelotão. Com forte ritmo, o piloto da RTR Sport Team passou Rotta e começou a pressionar Bedani. Na sétima volta, a prova viu a mudança de líder, quando Vinícius fez a ultrapassagem e assumiu o primeiro lugar. Só que Enzo deu o troco e retomou a dianteira logo depois, enquanto Gama vinha na terceira posição.

Bedani acelerou o máximo para livrar vantagem para Papareli e arrancar para sua segunda vitória no campeonato, deixando Vinícius em segundo e Gama em terceiro. Guto Rotta foi o quarto colocado e Felipe Barrichello Bartz, o quinto. Mathias de Valle terminou em sexto, seguido por Alfredinho Ibiapina e Bruna Tomaselli. Com a inversão do grid, a catarinense abriu o grid de largada da última prova do fim de semana.

Loteria em Mogi Guaçu — A chuva apertou minutos antes da largada da última prova da etapa. Desta forma, a direção de prova determinou o início da disputa com o safety-car liderando o pelotão. Quando o carro de serviço deixou a pista em direção aos boxes, Tomaselli sustentou a dianteira, tendo Felipe Barrichello Bartz pouco mais atrás, em segundo, e Guto Rotta em terceiro.

Mas tudo mudou quando a chuva apertou, e vários pilotos escaparam. A liderança mudou de mãos, saindo de Bruna para “Pipe” Bartz e, depois, para Arthur Gama, que subiu para o primeiro lugar. Rotta vinha em segundo e Tomaselli aparecia em terceiro.

Guto Rotta duelava com Gama pela liderança no momento em que a direção de prova anunciou punição de 5s ao novato por conta de incidente com “Pipe” Barrichello Bartz. O sobrinho de Rubens Barrichello também foi punido com a mesma sanção após ocorrência envolvendo Bruna Tomaselli.

Gama passou a ser pressionado por Bedani, em disputa que, na prática, valia a vitória no Velocitta, mas os dois rivais se enroscaram na primeira curva do Velocitta, o que provocou o novo acionamento do safety-car e a punição de 20s a Enzo pelo incidente. Rotta liderava, com Felipe Bartz em segundo, mas os dois estavam punidos. O terceiro era Erick Schotten, que depois da relargada administrou sua posição na pista, evitou cometer erros e cruzou a linha de chegada na frente. Gustavo Frigotto terminou a prova na segunda colocação, enquanto Barrichello Bartz, mesmo com a punição, terminou em terceiro. Bruna Tomaselli foi a quarta colocada e Guto Rotta, o quinto. Hugo Cibien foi o sexto, seguido por Akyu Myasava. Alfredinho Ibiapina foi o oitavo, Bedani terminou em nono e Vinícius Papareli fechou o top-10.

Campeonato imprevisível — Gama permanece líder do campeonato, agora com 208 pontos somados, contra 201 de Bedani. Gustavo Frigotto sustenta o terceiro lugar, com 163 tentos, à frente do estreante Alfredinho Ibiapina, que soma 137. Felipe Barrichello Bartz é o quinto colocado, com 133.

Guto Rotta vem logo a seguir na tabela, em sexto, com 129 pontos, quatro a mais que sua companheira de equipe, Bruna Tomaselli. Mathias de Valle tem 119, enquanto Erick Schotten acumula agora 116. Vinícius Papareli complementa a relação dos dez primeiros, com 110.

A Stock Series volta a acelerar para a quarta etapa do campeonato, já entrando na sua segunda metade da temporada 2024, em quatro semanas, entre os 26 e 28 de julho no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

Etapa 3, Autódromo Velocitta
Corrida 2, resultado final
1º - Enzo Bedani (W2 Racing ProGP), 13 voltas em 22min26s404
2º - Vinícius Papareli (RTR Sport Team), a 1s148
3º - Arthur Gama (Artcon Racing), a 2s507
4º - Guto Rotta (Garra Racing Team), a 3s611
5º - Felipe Barrichello Bartz (W2 Racing ProGP), a 6s431
6º - Mathias de Valle (W2 Racing ProGP), a 11s506
7º - Alfredinho Ibiapina (W2 Racing ProGP), a 11s922
8ª - Bruna Tomaselli (Garra Racing Team). a 20s147
9º - Gustavo Frigotto (Artcon Racing), a 20s399
10º - Hugo Cibien (W2 Racing ProGP), a 21s490
11º - Akyu Myasava (Garra Racing Team), a 29s362
12º - Erick Schotten (W2 Racing ProGP), a 53s616
13ª - Kaká Magno (RTR Sport Team), a 59s397

Corrida 3, resultado final
1º - Erick Schotten (W2 Racing ProGP), 14 voltas em 27min42s113
2º - Gustavo Frigotto (Artcon Racing), a 0s929
3º - Felipe Barrichello Bartz (W2 Racing ProGP), a 4s469
4ª - Bruna Tomaselli (Garra Racing Team), a 5s634
5º - Guto Rotta (Garra Racing Team), a 5s723
6º - Hugo Cibien (W2 Racing ProGP), a 6s297
7º - Akyu Myasava (Garra Racing Team), a 6s617
8º - Alfredinho Ibiapina (W2 Racing ProGP), a 9s150
9º - Enzo Bedani (W2 Racing ProGP), a 21s833
10º - Vinícius Papareli (RTR Sport Team), a 25s611
11º - Mathias de Valle (W2 Racing ProGP), a 1 volta
12ª - Kaká Magno (RTR Sport Team), a 1 volta

Não completou
Arthur Gama (Artcon Racing), a 5 voltas

Classificação do campeonato após três etapas (top-10):*
1º - Arthur Gama, 208 pontos
2º - Enzo Bedani, 201
3º - Gustavo Frigotto, 163
4º - Alfredinho Ibiapina, 137
5º - Felipe Barrichello Bartz, 133
6º - Guto Rotta, 129
7º - Bruna Tomaselli, 125
8º - Mathias de Valle, 119
9º - Erick Schotten, 116
10º - Vinícius Papareli, 110
*pontuação extraoficial

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias