Domingo, 14 de Julho de 2024
10°C 16°C
Curitiba, PR
Publicidade

Maria Portela e Maria Suelen Altheman estreiam como treinadoras da seleção sub-18 na Copa Europeia de Porec

Judocas olímpicas foram convidadas pela CBJ para reforçar a comissão técnica da equipe juvenil no primeiro desafio do ano

16/03/2024 às 07h41
Por: Redação Fonte: Confederação Brasileira de Judô
Compartilhe:
Parte da equipe brasileira junto aos treinadores Maria Portela, Maria Suelen Altheman e José Olivio. Foto: Divulgação/CBJ
Parte da equipe brasileira junto aos treinadores Maria Portela, Maria Suelen Altheman e José Olivio. Foto: Divulgação/CBJ

Está tudo pronto para a estreia da Seleção Brasileira Sub-18 de Judô em 2024. Neste fim de semana (16 e 17), a delegação composta por 55 atletas vai participar da Copa Europeia de Porec, na Croácia, visando à preparação para o Campeonato Mundial da classe, principal objetivo do ano. Além de vivenciar a experiência internacional, os jovens atletas do Brasil ainda poderão contar com as orientações das judocas olímpicas Maria Suelen Altheman e Maria Portela, que foram convidadas pela CBJ para integrar a comissão técnica da seleção nesta etapa.

Desde que anunciaram suas aposentadorias do alto rendimento, as duas deram início à transição para a carreira de treinadora, com o desejo de ensinar tudo o que colecionaram nos anos como atletas. Enquanto Maria Suelen atualmente integra o time do Esporte Clube Pinheiros, ajudando na preparação das equipes de base e principal do clube, Portela concluiu o curso de formação esportiva oferecido pela Universidade Húngara de Ciências do Esporte, e é auxiliar técnica da Sogipa.

Agora, elas estarão em Porec como técnicas, por meio do Programa de Capacitação e Integração de Técnicos, o ProCIT, da CBJ, e terão sua primeira experiência internacional com a seleção brasileira. A ação também faz parte do projeto de fomento à treinadoras de judô, promovido pela Confederação, que foi aprovado pelo Comitê Olímpico do Brasil, neste mês.

“O judô brasileiro é uma potência mundial. Eu estou com uma expectativa muito boa, os atletas sub-18 e sub-21 são nossas futuras promessas e é muito gratificante poder integrar a seleção e contribuir com minha experiência. Eu e a Portelinha sempre fomos muito parceiras na seleção e eu estou muito feliz em poder dividir esse momento com ela. Paramos de competir não faz muito tempo, então vamos trocar muitas ideias uma com a outra. Estamos sempre dispostas a nos capacitar e somar com a comissão técnica e atletas”, declarou Maria Suelen.

“Eu vejo uma oportunidade de crescimento muito grande, para ver como funcionam todos os processos de um estágio internacional. Nós temos a competição e, depois, o treinamento. Eu espero que os atletas possam desempenhar seu melhor e conquistar os resultados que almejam. Para mim, está sendo uma etapa diferente. Estar no outro lado, na comissão técnica, é um desafio. Mas, eu estava precisando de um novo objetivo, de estar inserida no meio que eu amo e poder somar”, disse Portela.

Ao término da competição, as duas vão permanecer na Croácia por mais três dias, com a seleção juvenil, para um treinamento de campo com atletas de mais de vinte países. A ação integra o planejamento pré-Campeonato Mundial da equipe, que ainda vai contar com os Estágios Internacionais da Polônia e Portugal, em maio, e com o Campeonato Pan-Americano, em abril, no Rio de Janeiro. É o que explica Victor Penalber, Gerente das Equipes de Transição da CBJ.

“A linha é oportunizar o máximo que a gente puder dentro deste ano. Acho que o desenvolvimento internacional vai fazer toda diferença na busca de novas medalhas em campeonatos mundiais”, disse.

Contemporâneo de Portela e Suelen na seleção principal, Victor é mais um ex-atleta absorvido pela gestão da CBJ na área técnica. A viagem à Porec será seu primeiro compromisso internacional como chefe de delegação das seleções de base e já chega como um desafio muito bem recebido: a equipe é uma das maiores da história em competições fora do Brasil.

“Quando cheguei à CBJ, vim atrás de um desafio e ele começou logo com essa equipe gigantesca. Mas, eu acho que isso vai fazer muito bem para o desenvolvimento dos nossos jovens nas categorias de base”, opinou.

Em 2023, a seleção juvenil de judô conquistou um ouro e uma prata no Campeonato Mundial, além de mais outras 28 medalhas em competições internacionais.

Programação - Copa Europeia Sub-18 de Porec

No sábado (16), primeiro dia de competição, lutam as categorias -40kg, -44kg, -48kg e -52kg, no feminino, e -50kg, -55kg, -60kg e -66kg, no masculino. Já no domingo (17), as categorias -57kg, -63kg, -70kg e +70kg, no feminino, e -73kg, -81kg, -90kg e +90kg, no masculino, encerram as disputas.

O horário das preliminares e bloco final dos dois dias de competição será definido nesta sexta-feira (15), durante o sorteio do chaveamento. O site judotv.com fará a transmissão ao vivo dos combates.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias