Domingo, 14 de Julho de 2024
10°C 16°C
Curitiba, PR
Publicidade

Os sub-10 Felipe Bardi e Erik Cardoso são atrações brasileiras no Mundial Indoor

Os dois velocistas do SESI-SP disputarão os 60 m na competição, que será realizada de sexta-feira a domingo, na Emirates Arena, em Glasgow, na Escócia

29/02/2024 às 06h39
Por: Redação Fonte: CBAt
Compartilhe:
Os sub-10 Felipe Bardi e Erik Cardoso são atrações brasileiras no Mundial Indoor

Com a experiência de terem disputado o Mundial Indoor de 2022, em Belgrado, na Sérvia, e principalmente por terem corrido os 100 m em menos de 10.00 – são os únicos do Brasil na história –, Felipe Bardi e Erik Cardoso estão entre as atrações da seleção que disputa de sexta-feira (1/3) a domingo (3/3) o Mundial de Pista Coberta na Emirates Arena, em Glasgow, na Escócia.

Os dois velocistas do SESI-SP vão participar dos 60 m – prova análoga aos 100 m disputados ao ar livre -, com o objetivo de aperfeiçoar a largada. O treinador Darci Ferreira da Silva garante que os dois estão bem preparados. “Vão fechar o primeiro ciclo do ano no Mundial Indoor. Depois treinarão para o Mundial de Revezamentos das Bahamas, em maio, e para os Jogos Olímpicos de Paris, em agosto. As expectativas são as melhores possíveis”, comentou Darci.

Em boa forma, o treinador espera boas atuações de Felipe e Erik. “Eles estão preparados e prontos para essa importante competição. Agora é ir para cima e fazer o melhor. É uma honra defender o Brasil”, afirmou Darci, que integra a comissão técnica da equipe Atletismo Brasil em Glasgow. 

Felipe Bardi é o atual campeão sul-americano dos 60 m indoor, título conquistado em janeiro, em Cochabamba, na Bolívia, com 6.58, melhor marca pessoal, além de ser recordista brasileiro dos 100 m, com 9.96 (1.0). “Eu sempre tenho como objetivo melhorar a marca. Em Glasgow não será diferente. É claro que o recorde do ano passado nos 100 m foi expressivo, o Brasil precisava dessa marca, mas a gente está pensando em ser mais rápido. Tem grandes competições, no Brasil, inclusive, como o Troféu Brasil e o Ibero-Americano. Quem sabe correr na casa dos 9.80 e chegar forte nos Jogos Olímpicos", afirmou Bardi.

Já Erik Cardoso tem 6.71 como melhor resultado nos 60 m e foi o primeiro brasileiro a correr os 100 m em menos de 10.00 (9.97, com 0.8 de vento). “Espero ter mais um ano abençoado, graças a Deus e a Nossa Senhora. Vou encarar todos os desafios e procurar fazer sempre o melhor”, concluiu Erik.

O Brasil participará da 19ª edição do Mundial, com uma equipe de 20 atletas, sendo 11 mulheres e 9 homens. A equipe segue nesta terça-feira (27/2) em dois grupos para a Escócia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias