Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Futebol Copa do Brasil

Athletico goleia novamente o Tocantinópolis e avança para oitavas da Copa do Brasil

Com placar agregado de 9x2, o Furacão não tomou conhecimento do time de Tocantins e se classificou com tranquilidade

10/05/2022 às 21h06
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Foto: Fábio Wosniak
Foto: Fábio Wosniak

Na noite desta terça-feira (10), o Athletico recebeu o Tocantinópolis na Arena da Baixada, pela partida de volta da 3ª fase da Copa do Brasil. Repetindo o feito da primeira partida, o rubro-negro goleou novamente a equipe do Tocantins, vencendo a partida por 4x0.

O Jogo

A partida começou morna na Arena, mas com o Athletico ditando o ritmo da partida. Logo aos 3 minutos, Pablo perdeu a primeira chance de marcar. Cuello fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro, o camisa 92 furou bisonhamente.

Homenagem ao eterno ídolo

Aos 8 minutos de jogo, todo estádio se uniu para aplaudir e homenagear seu maior ídolo, Sicupira. O eterno camisa 8, que faleceu em novembro de 2021, estaria completando 78 anos neste dia 10 de maio.

O jogo seguia movimentado com o Furacão pressionando o time adversário. Aos 18, Pablo perdeu mais uma chance, após cruzamento de Khellven. Um mintuo depois foi a vez de Pedro Rocha fazer o goleiro trabalhar, para salvar o Tocantinópolis.

Aberta a porteira

Até que aos 26 minutos, a rede finalmente balançou. Cuello recebeu lindo passe de Marlos, ajeitou e chutou em cima de Jefferson. Hugo Moura estava atento e pegou o rebote, batendo firme, de esquerda, no cantinho, sem chances para o goleiro. 1x0 Furacão

O time se animou com o gol e continuou pressionando. Aos 29 minutos Cuello fez boa jogada pela esquerda e cruzou pra área, Pedro Rocha ajeitou e bateu forte, Jefferson resvalou na bola, a bola tocou no travessão e não entrou.

Passa boi, passa boiada

Com 39 minutos no relógio, veio o segundo. Pedro Rocha fez nova jogada individual, driblou o zagueiro, invadiu a área e chutou, a bola bateu num segundo zagueiro e sobrou para Khellven, que bateu forte, pro fundo do gol. Athletico 2x0.

E aos 44 minutos, ainda deu tempo para mais um. O goleiro Jefferson saiu jogando errado, Pablo se aproveitou do erro, ajeitou e chutou forte, rasteiro no canto. 3x0 na Arena e fim do primeiro tempo.

No intervalo da partida, Felipão aproveitou para promover alterações na equipe e fazer a estreia do zagueiro Dedé, no lugar de Pedro Henrique.

2º Tempo 

O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro, com o Furacão pressionando o Tocantinópolis. E o quarto gol não demorou a sair. 

Com 9 minutos de jogo, em um contra-ataque de manual, Marlos lançou Khellven em profundidade na direita, que ergueu a cabeça e achou Pablo completamente sozinho na área, o camisa 92 subiu, escolheu o canto e colocou no fundo das redes. Athletico 4x0 Tocantinópolis.

Mesmo com uma senhora goleada, o Furacão queria mais. Aos 15, Cuello cobrou uma falta com muito veneno, Jefferson teve trabalho para evitar o 5º gol.

Passados 21 minutos no marcador, o Tocantinópolis chegou pela 2ª vez a meta rubro-negra, Allan Mais carregou pela intermediária e chutou forte, Bento encaixou e não soltou. 

O retorno de Matheus Babi

Felipão também aproveitou o bom momento do time para promover outro retorno aos gramados. Matheus Babi, que havia sofrido uma lesão em julho de 2021 entrou na partida no lugar de Pablo, que saiu ovacionado pela torcida.

O jogo amornou, e as equipes trocavam passes em busca do ataque. O Athletico segurou o ritmo e passou a dar mais a bola pro time adversário. 

Pontualmente aos 45 minutos do segundo tempo, o árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus colocou fim a partida. Final de jogo na Arena, Athletico 4x0 Tocantinópolis.

 

O sorteio dos confrontos das oitavas de final acontece na próxima sexta-feira (13), na sede da CBF.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 10 de maio de 2022 (terça-feira)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Estádio: Arena da Baixada (Curitiba/PR)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Quarto árbitro: Luiz Alexandre Fernandes (PR)

 

Cartões amarelos: 

 

GOLS

Athletico: Hugo Moura, aos 26 minutos do 1T. Khellven, aos 39 minutos do 1T. Pablo, aos 44 minutos do 1T, e aos 9 minutos do 2T.

 

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Dedé), Nico Hernández, Abner (Pedrinho); Matheus Fernandes, Hugo Moura (Erick), Marlos (Vitor Bueno); Cuello, Pedro Rocha e Pablo (Matheus Babi).

Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

Tocantinópolis: Jefferson; Marcinho, Betão, Wanderson, Chico Bala; Pedro Dias, Rômulo (Bideli), Raí (Da Silva); Alan Maia (Bilau), Bambelo (Jheimy) e Elifran (Dedé).

Técnico: Jairo Nascimento

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias