Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Futebol Libertadores 2022

Athletico leva goleada vexatória na Bolívia e se complica na Libertadores

Com cinco gols de cabeça, o Furacão até começou bem, mas não teve o mínimo de força para fazer frente ao Tigre

03/05/2022 às 19h15 Atualizada em 09/05/2022 às 16h54
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Foto: Divulgação/CAP
Foto: Divulgação/CAP

Na noite desta terça-feira (03) o Athletico foi até La Paz, na Bolívia para enfrentar a equipe do The Strongest, pela 4ª rodada da fase de grupos da Libertadores da América 2022. Apesar de mostrar um bom nível de jogo, enfrentando a altitude de 3.625m, o rubro-negro não foi palho para o time da casa e foi goleado por 5x0, com cinco gols de cabeça, se complicando na competição.

O Jogo

A partida começou movimentada, com o Furacão indo pra cima do time da casa. Logo aos 5 minutos, Vitinho arriscou da esquerda, o chute passou com perigo, triscando a trave. Na cobrança de escanteio, Canobbio levantou para o meio e Lucas Halter testou no travessão.

O Athletico seguia melhor na partida, Canobbio guiava o ataque rubro-negro nos contra-ataques, e Vitinho tentava pela esquerda, mas a equipe brasileira pecava na hora de finalizar. A primeira chegada doThe Strongest só foi acontecer aos 28 minutos, Ursino chutou rasteiro no canto, Bento espalmou para o meio, e Matheus Felipe afastou para escanteio.

Na cobrança de escanteio, Esparza deixou a zaga pra trás e cruzou pra área, Jusino subiu no meio dos zagueiros e testou no travessão.

Deixaram chegar

O Tigre começou a gostar do jogo, até que achou o gol. Saucedo passou novamente livre na esquerda, ergueu a cabeça e levantou na área, Triverio subiu sozinho entre dois zagueiros e cabeceou pro fundo do gol. 1x0 The Strongest.

Com o gol, a partida esfriou, o Athletico até tentou mais uma chegada com Erick, aos 36 minutos, mas foi tudo. Final de primeiro de tempo na Bolívia. The Strongest 1x0 Athletico.

2º Tempo com balde de água fria

O segundo tempo começou com o Athletico indo ao ataque, mas abrindo a defesa. Logo aos 5 minutos, Saucedo arrancou no contra–ataque, fez um lançamento longo para área, e Triverio cabeceou com força para ampliar o placar, 2x0 The Strongest.

Com placar desfavorável, Carille resolveu tentar algumas mudanças, colocando Terans, Matheus Fernandes e Vitor Bueno em campo. 

As substituições pouco fizeram efeito e o Tigre continuou atacando.  Aos 18 minutos Jusino dividiu a bola com três e ganhou, ele arriscou o chute de longe, Bento espalmou para escanteio.

 O que tava ruim, pode piorar

E como tudo o que está ruim, pode piorar, veio o terceiro. Aos 24 minutos, Saucedo cobrou falta de longe, Triverio desviou para o meio e Prost completou para o fundo das redes. Goleada do Tigre. The Strongest 3x0 Athletico.

Mesmo com o placar gigante, o Athletico não tinha nenhum poder de reação e o Tigre se aproveitava. Aos 33 minutos, Triverio avançou sozinho pra cima da marcação, e chutou com veneno, Bento se esticou todo para defender.

No apagar das luzes, ainda houve tempo para mais 2

Aos 45 minutos, o The Strongest ainda tinha força para mais. Após cobrança de escanteio na ensaiada, Ursino cruzou para área, Cascini cabeceou para o chão, sem chances para Bento, para fazer 4x0 para o The Strongest.

E aos 48, para fechar de vez o caixão, e a vergonha, veio o 5º. Em uma cobrança de falta da direita, Erick se antecipou para tentar afastar a bola e completou contra a própria rede, gol contra, para finalizar uma atuação ridícula. Fim de partida, The Strongest 5x0 Athletico.

Resultado

Com a vitória do Caracas sobre o Libertad, o Athletico caiu para último no grupo com 4 pontos. Já o The Strongest subiu para segundo, com 5 pontos.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 03 de maio de 2022 (terça-feira)

Horário: 19h15 (horário de Brasília)

Estádio: Estádio Olímpico Hernando Siles

Árbitro: Árbitro: Augusto Menendez (PER)

Assistentes: Michael Orue (PER) e Jesus Sanchez (PER)

Quarto árbitro: Kevin Ortega (PER)

 

 

Cartões amarelos: Triverio (The Strongest), Matheus Fernandes (Athletico), Terans (Athletico).

 

GOLS 

The Strongest: Triverio, aos 31 minutos do 1T, e aos 5 minutos do 2T. Prost, aos 24 minutos do 2T. Cascini, aos 45 minutos do 2T. Erick (contra), aos 48 minutos do 2T.

 

The Strongest: Viscarra; Wayar (Saúl Torres), Castillo, Jusino, Aponte; Esparza (Camacho), Cascini, Ursino, Saucedo; Prost (Calleros) e Triverio (Reinoso).

Técnico: Cristian Díaz

 

Athletico: Bento; Matheus Filipe, Lucas Halter (Matheus Fernandes), Nicolás Hernández; Erick, Hugo Moura (Cuello), Bryan García (Terans), Abner; Canobbio, Vitinho (Pedro Rocha) e Marcelo Cirino (Vitor Bueno).

Técnico: Fábio Carille

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias