Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Automobilismo Fórmula 1

Grand Chalem de Verstappen no GP de Emília-Romagna

Dobradinha da Redbull, reação da McLaren e erro de Leclerc marcaram o Grande Prêmio de Emília Romagna, em Ímola.

26/04/2022 às 18h04
Por: BRUNA BERTOLLO
Compartilhe:
Foto: Divulgação/Red Bull Racing
Foto: Divulgação/Red Bull Racing

SEXTA – QUALIFYING SPRINT 

Depois de 11 dias sem corrida a Fórmula 1 voltou, mas não foi com qualquer corrida, o GP de Emília Romagna contava com uma corrida Sprint. Para quem ainda não sabe como funciona, a Sprint conta com um treino classificatório na sexta (Q1, Q2 e Q3) que vai definir o grid de largada para a corrida que acontece no sábado (Sprint). São 30 minutos de prova, sem pitstop, onde apenas os 8 primeiros colocados recebem uma pontuação e vai definir o grid de largada da corrida de domingo.

Os treinos de sexta foram marcados por muita chuva e bandeira vermelha, a Ferrari estava dominando em casa, porém Max Verstappen conseguiu melhorar o tempo e cravou a pole, deixando Charles Leclerc em segundo. 

Kevin Magnussen conseguiu ficar em P4, enquanto a Mercedes e Lewis Hamilton e George Russell foi eliminada no Q2. O Q3 contou com 2 bandeiras vermelhas, uma de Valtteri Bottas e outra de Lando Norris, que na minha humilde opinião estragou a volta de Charles Leclerc, que com certeza teria feito um tempo melhor que Verstappen. 

SÁBADO (SPRINT RACE):

Dia de Sprint e dessa vez sem chuva, Charles Leclerc fez uma largada linda já assumindo a ponta, enquanto Zhou fechou Gasly na primeira volta e teve que abandonar a corrida. Tudo ia bem até que o composto de pneu macio de Leclerc começou a ter um desgaste excessivo, onde o mesmo não conseguiu segurar por muito tempo e na volta penúltima volta, perdeu a posição para Max Verstappen. 

A Sprint Race terminou com Verstappen em primeiro, seguido de Leclerc, Perez em terceiro, Carlos Sainz em quarto, Lando Norris em quinto, seguido por seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas conseguiu botar a Alfa Romeo em sétimo lugar e Magnussen com a Haas em oitavo, sendo os únicos pilotos a pontuarem. 

DOMINGO (CORRIDA): 

A corrida de domingo já começou com uma largada brilhante de Max Verstappen já assumindo a ponta, enquanto seu adversário Charles Leclerc caiu para quarta posição. Seu companheiro de equipe, Carlos Sainz abandonou a corrida após um toque com Daniel Ricciardo.

E quando a Ferrari achou que seu final de semana em casa não poderia piorar, adivinha? Piorou. Charles Leclerc estava em P3, sendo segurado por Sergio Perez, porque afinal ele está na Redbull para isso. Quando achou que conseguiria passar, Leclerc pegou uma zebra, rodou e tocou no muro. O Monegato teve que fazer uma parada adicional no box, voltou para a corrida em 9º lugar mas conseguiu terminar com pelo menos um sexto lugar. 

Um piloto muito comentado durante a corrida foi o nosso sete vezes campeão mundial Lewis Hamilton, que após uma disputa incrível pelo campeonato em 2021, estava lutando para conseguir passar Pierre Gasly em 12º. Ele tentou, mas a carroça da Mercedes ajudou apenas George Russell que conseguiu terminar a corrida em P4. Fica aqui o meu questionamento, o que vocês têm a dizer sobre a Mercedes durante esse início de temporada? 

Com dobradinha da Redbull, Max Verstappen teve o seu Grand Chalem (pole, volta rápida e vitória) e ainda conseguiu diminuir a diferença de pontos para Leclerc de 46 para apenas 27.

 

A próxima corrida será a partir do dia 06/05 em Miami – Eua. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias