Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Esportes Olímpicos Tiro Esportivo

Equipe feminina é bronze na pistola 25m na Copa do Mundo de Tiro Esportivo

O trio brasileiro superou o Irã por 16 a 14 no campeonato que está sendo realizada no Centro Militar de Tiro Esportivo, no Rio de Janeiro

17/04/2022 às 16h13
Por: Redação Fonte: CBTE
Compartilhe:
Foto: Divulgação CBTE
Foto: Divulgação CBTE

Ana Luiza Souza, Paula Sayuri Yado e Thais Carvalho Moura conquistaram a medalha de bronze na Pistola 25m Feminino por equipe na ISSF World Cup Rifle, no Rio de Janeiro, que está sendo realizada no Centro Militar de Tiro Esportivo. Na disputa do terceiro lugar, o trio brasileiro superou o Irã por 16 a 14. Na decisão da medalha de ouro, a Alemanha ganhou da Tailândia por 17 x 7.

O Brasil garantiu sua segunda medalha de bronze na competição de virada e de forma emocionante. As iranianas abriram 4 x 0, mas as brasileiras empataram em 4 x 4. As adversárias voltaram a abrir vantagem no placar: 8 x 4 e 12 x 6. A equipe nacional empatou em 12 x 12 e virou para 14 x 12 até novo empate em 14 x 14. A decisão ficou para a última série quando as brasileiras foram mais precisas e fecharam em 16 x 14.

Uma das mais experientes da equipe brasileira e com 23 anos dedicados ao tiro esportivo, a catarinense Ana Luiza Souza Lima destacou a importância dessa conquista.

"Representa muito porque é a minha primeira medalha em Copa do Mundo e é a recompensa pelo trabalho e dedicação. É o ganha pão do atleta, a gente vive pra esses momentos. Quem não sabe e vê o nosso esforço, acha que é fácil, mas é muito difícil. É uma vitória que vale a pena por todos esses anos. Também quero ressaltar nosso trabalho em conjunto e de sempre acreditar até o último tiro", comemorou.

Emocionada e ainda lembrando de tudo que aconteceu momentos antes no estande, a brasiliense Thais Carvalho Moura ainda não acreditava no feito que tinham conseguido, mas ressaltou o foco do trio durante a disputa.

"São muitos anos treinando e competindo e ter a oportunidade de ganhar uma medalha em casa não dá nem pra mensurar. Mas na verdade nós estávamos muito confiantes desde a fase classificatória. Eu mesma coloquei na minha cabeça que era possível e fomos colocando força durante a prova, mesmo sendo um protocolo novo pra gente já que não participamos muito de finais. Mas nós nunca perdemos o foco e a determinação de que era possível porque é uma luta ali na hora. Posso garantir que esse bronze é um incentivo a mais na minha carreira e fica um gostinho de quero mais", disse.

Com apenas dois anos no tiro esportivo e participando pela primeira vez de uma Copa do Mundo Paula Sayuri Yado também estava muito feliz com o resultado.

"Essa medalha tem um significado especial, é emocionante e de muito orgulho pra mim e a minha família. Essa conquista é fruto de muito treino, treino, treino, como diz o Felipe Wu, e controle emocional. Todo mundo tem os mesmos medos e as mesmas ansiedades. E quem controlar melhor e manter a técnica, é o segredo do sucesso. Espero daqui pra frente manter meu rendimento e resultado pra conquistar mais medalhas ", afirmou.

Fonte: CBTE

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias