Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Campeonato Brasileiro Série A

Com hat-trick de Calleri, São Paulo amassa Athletico na estreia do Brasileirão

Mesmo com as estreias das contratações do Furacão, a equipe foi para São Paulo apenas a passeio e levou uma goleada do time da casa

10/04/2022 às 18h46
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Foto: Divulgação/CAP
Foto: Divulgação/CAP

Na noite deste domingo (10), o Athletico foi até o Estádio do Morumbi para enfrentar o São Paulo na estreia do Campeonato Brasileiro 2022. Sem oferecer perigo ao time da casa, o Furacão foi Brisa, e com direito a hat-trick de Calleri, o tricolor amassou o rubro-negro, fazendo 4x0 sem tomar conhecimento.

Essa é a primeira vez desde 2018 que o Athletico estreia perdendo no Brasileirão. A última vez que isso aconteceu foi no dia 14 de maio de 2017, onde o Furacão também começou o campeonato sofrendo uma goleada de 6x2, para a equipe do Bahia, em Salvador.

O Jogo

A partida começou morna, e sem emoção, o primeiro lance de perigo só foi acontecer aos 8 minutos. Em jogada pela direita Abner cruzou, a zaga afastou e Cuello bateu pra fora. A partir dos 10 minutos, o São Paulo acordou, e chegou 3 vezes ao gol athleticano. 

Abriu a porteira

Até que aos 18, a equipe paulista começou a jogada pelo meio, Rafinha recebeu na direita, levantou a cabeça e cruzou para área, a bola bateu na canela de Khellven e sobrou limpa para Calleri só empurrar para o fundo das redes. 1x0 São Paulo.

Mesmo com o gol, o time da casa seguia melhor em campo. Aos 21, Eder pegou a sobra de um cruzamento e bateu firme, no ângulo, Bento se esticou todo e fez uma linda defesa, para salvar o Furacão. Quatro minutos depois, mais tricolor, Alisson achou espaço pelo meio, gingou e chutou forte, pra fora. 

O Athletico ainda teve uma grande chance de empate no finalzinho do primeiro tempo. Pedro Henrique deu um chutão pra frente, e Marcelo Cirino ganhou na corrida, ele dominou, invadiu a área e chutou pra fora. Fim de papo no primeiro tempo, São Paulo 1x0 Athletico.

2º Tempo

No intervalo da partida, o técnico Alberto Valentim tirou o uruguaio David Terans para colocar uma das grandes contratações do Athletico no ano, o meia Marlos. 

Mas quem chegou ao ataque, logo com 30 segundos, foi o São Paulo. Igor Gomes avançou pela esquerda, puxou pro meio e chutou forte, Bento encaixou. Aos 5 minutos, Nikão cobrou uma falta quase na linha da área, Bento novamente defendeu firma.

Sem dificuldades para aumentar o placar

O domínio do jogo era totalmente tricolor, e o segundo gol não demorou a sair. Aos 7 minutos, Wellington recebeu na esquerda, ergueu a cabeça e levantou na área, Calleri nem precisou subir, para desviar e aumentar o placar. São Paulo 2x0.

Com 16 minutos marcados no relógio, e o jogo praticamente perdido, Valentim mexeu novamente, promovendo a estreia de Canobbio, contratação mais cara da história do Furacão, e a reestreia de Vitinho, cria da base rubro-negra.

Mesmo com as substituições, o Athletico pouco evoluiu, e a partida esfriou. Rogério Ceni aproveitou para fazer as primeiras alterações no equipe colocando Toró e Luciano no jogo.

Hat-trick com golaço

E o que era ruim, poderia ficar pior. Aos 24 minutos, após cruzamento de Toró, Bento afastou a bola de soco, a bola seguiu viva na área e depois da furada de Igor Gomes, Calleri ficou com a sobra, girou, e colocou no ângulo. Hat-trick do camisa 9, 3x0 São Paulo.

Go-le-a-da

E dava tempo pra mais, aos 28, Luciano, que havia acabado de entrar iniciou a jogada e tocou para Toró, o camisa 44 ergueu a cabeça e cruzou para área novamente para Luciano, que subiu no meio dos zagueiros para testar firme, sem chance para o goleiro. Goleada! São Paulo 4x0 Athletico.

Com a goleada aplicada, o time paulista diminuiu o ritmo, e nem isso foi suficiente para despertar o ataque da equipe rubro-negra. A última chance da partida foi de Toró, aos 45 minutos, em um chute de longe para fora. Fim de papo no Morumbi, São Paulo 4x0 Athletico.

Resultado

Com o resultado, o São Paulo assume a ponta do Brasileirão na primeira rodada. Já o Furacão, é o lanterna, por ter levado a maior diferença de gols entre todos os jogos.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 10 de abril de 2022 (domingo)

Horário: 19h (horário de Brasília)

Estádio: Estádio do Morumbi (São Paulo/SP)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

VAR: Rodrigo Nunes de Sa (VAR-FIFA)

 

Cartões amarelos: Alisson (São Paulo), Pedro Henrique (Athletico), Vitor Bueno (Athletico), Christian (Athletico)

 

GOLS

São Paulo: Calleri, aos 18 minutos do 1T, aos 7 minutos do 2T e aos 24 minutos do 2T. Luciano, aos 28 minutos do 2T.

 

São Paulo: Jandrei; Rafinha, Diego, Léo, Wellington; Pablo Maia, Igor Gomes (Andrés), Nikão (Toró), Alisson; Eder (Luciano) e Calleri.

Técnico: Rogério Ceni 

 

Athletico: Bento; Khellven (João Vialle), Pedro Henrique, Lucas Halter, Abner; Hugo Moura, Christian, David Terans (Marlos); Vitor Bueno (Canobbio), Cuello (Vitinho) e Marcelo Cirino (Pedro Rocha).

Técnico: Alberto Valentim

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias