Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Esportes Olímpicos Basquete

Kamilla Cardoso se torna a primeira brasileira campeã da NCAA

Jogadora de 20 anos que teve passagens por todas as categorias da seleção brasileira conquista o torneio de elite do basquete universitário feminino

04/04/2022 às 16h04
Por: Redação Fonte: Confederação Brasileira de Basketball
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Kamilla Cardoso fez história neste domingo. A brasileira conquistou com o South Carolina o título da NCAA, a elite do basquete universitário dos Estados Unidos, ao triunfar no March Madness diante do Uconn por 64 a 49. Com isso, a mineira tornou-se a primeira atleta nascida no país a conseguir tal feito, construindo mais um belo capítulo em sua breve, mas já vitoriosa carreira.

Recentemente, Kamilla já havia brilhado no Pré-Olímpico de Belgrado, quando conquistou um lugar no quinteto ideal da competição. A jogadora tem crescido a cada temporada e agora com o título da NCAA confirma sua posição de destaque na nova geração de atletas do Brasil.

- Muito feliz com o título e com a temporada. Feliz pela minha evolução é por conseguir essa conquista com as minhas companheiras - disse Kamilla.

Kamilla, pivô de 2,01m de altura, teve passagem em todas as Seleções Brasileiras de base, onde foi presença constante. Foi para os Estados Unidos há cinco anos, brilhou no High School e na sua estreia no Universitário esteve entre os cinco principais prospectos, sendo alvo de intensa disputa pelo seu basquete.

A pivô é de Montes Claros, Minas Gerais, e antes de entrar na NCAA brilhou no High School por Hamilton Heights Christian Academy, do Tenessee. Antes de fechar com Syracuse, também foi alvo de West Virginia, Mississippi State e da própria South Carolina, para onde foi agora. Em dezembro de 2020, Kamilla havia entrado para a história de Syracuse na vitória sobre Boston College, quando fez 24 pontos e ainda teve sete rebotes, duas roubadas, uma assistência e um toco. Em 28 minutos, converteu 10 dos seus 11 arremessos, um aproveitamento de 90,9%. Foi a segunda melhor marca de uma jogadora na história do basquete feminino de Syracuse.

Depois, optou pela transferência para South Carolina, onde é comandada por Dawn Staley, seis vezes All Star da WNBA como jogadora, tricampeã olímpica e mundial como atleta da Seleção americana e campeã olímpica como técnica em Tóquio 2020. A chegada de Kamilla foi um pedido de Dawn!

Fonte: Assessoria CBB

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias