Domingo, 22 de Maio de 2022

Nevoeiro

Curitiba - PR

Anúncio
Esportes Olímpicos Boxe

Boxe do Brasil em nove finais no Campeonato Continental das Américas

Equipe olímpica do Brasil vai disputar 5 finais no masculino e 4 no feminino.

31/03/2022 às 08h09
Por: Redação Fonte: CBBoxe
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Brasil estará presente em cinco finais masculinas do Campeonato Continental de Boxe das Américas. Somando isso às quatro finais do Boxe Feminino, teremos ao todo nove chances de conquistar o Ouro no evento. Mas não será um caminho fácil.

“Estou satisfeito até o momento com o desempenho da Equipe do Brasil. O Continental é um evento muito importante, pois é onde medimos força com nossos principais rivais da América como os tradicionais: Cuba, EUA, República Dominicana, Colômbia, Argentina e México” – disse Mateus Alves, treinador principal da Equipe Olímpica Permanente.

Mateus também ressalta que a equipe ainda não está na melhor forma esportiva do ano, já que ainda estamos dentro dos primeiros três meses de preparação. No entanto, cinco dos nove atletas do Boxe masculino alcançaram a final. No feminino, alcançamos quatro finais de oito possíveis.

Para comparar, a equipe cubana levou sete atletas para o Equador. Um perdeu na estreia e outros dois abandonaram a delegação cubana e fugiram. Um deles seria o provável adversário de Keno Marley na final, mas abandonou a competição antes de sua semifinal. A tradicional equipe de Cuba, portanto, disputará apenas quatro finais.

 

Finais do Boxe Feminino nesta quinta-feira (17h do Brasil)

Teremos um caminho difícil até a medalha de Ouro. Beatriz Ferreira pega a sua maior rival da América, Rashida Ellis. Rebeca Lima também vai enfrentar uma norte-americana.

Já Beatriz Soares e Bárbara Santos pegam dois países de muita cultura e tradição no Boxe: Argentina e México. Isso mostra o alto nível de exigência para chegar até a final.

Veja a programação das finais femininas.

Adversárias das brasileiras:

Beatriz Ferreira (60kg) X Rashida Ellis, dos Estados Unidos.

Rebeca Lima (63kg) X Sofia Gonzales, dos Estados Unidos.

Beatriz Soares (69kg) X Noelia Lucia, da Argentina.

Bárbara Santos (70kg) X Tamara Sandoval, do México.

As lutas terão transmissão ao vivo.

 

Finais do Masculino na próxima sexta-feira (horário indefinido)

Das cinco finais masculinas, três são confrontos diretos contra os Estados Unidos. Luiz Gabriel e Isaías Filho pegam os Americanos que são os atuais campeões Mundiais das categorias 57kg e 80kg. Já na categoria até 86kg, Keno Marley, que é o atual vice-campeão mundial, pega outro norte-americano.

Wanderson Oliveira pega um surpreendente atleta do México, que chegou à final norteado por muita qualidade técnica e força. Abner Teixeira, atual medalhista olímpico de Bronze, enfrentou uma chave com três lutas duríssimas. A primeira com o atual medalhista de Bronze no Campeonato Mundial, atleta de Trinidad e Tobago. Na final Abner lutará contra o representante do Chile, um atleta veterano e muito experiente. É o único representante desse país no evento.

Adversários dos Brasileiros:

Luiz Oliveira (57kg) X Antonio Jahmal, dos Estados Unidos.

Wanderson Oliveira (67kg) X Miguel Ramirez, do México.

Isaias Filho (80kg) X Robby Gonzales, dos Estados Unidos.

Keno Marley (86kg) X Rogelio Romero, dos Estados Unidos.

Abner Teixeira (+92kg) X Miguel Correa, do Chile.

 

Resultados das semifinais do Boxe masculino

Isaias Filho (80kg) venceu Emmanuel Kevin, do Canadá, por unanimidade. Na final vai encarar o atual campeão mundial Robby Gonzales, dos Estados Unidos.

Luiz Oliveira (57kg) venceu por unanimidade Segundo Padilla, do Equador. Na final, Luiz terá uma revanche contra Antonio Jahmal, dos Estados Unidos. Jahmal foi o responsável pela eliminação de Luiz no último Campeonato Mundial. O norte-americano seguiu naquela competição e tornou-se Campeão Mundial.

Wanderson Oliveira (67kg) venceu o colombiano Yeferson Belalcazar de forma unânime e segue para a grande final.

Keno Marley (86kg) fez excelente luta e venceu Andres Caicedo, do Equador. Na grande final, encara Rogelio Romero, dos Estados Unidos.

Abner Teixeira (+92kg) teve uma luta dura contra o norte-americano Joshua Edwards. A vitória veio por 4:1, e com ela a chance de lutar pela medalha de Ouro. Na final enfrentará o chileno Miguel Correa.

Jhonatan Conceição (71kg) foi vencido por José Rodriguez, do Equador, por 4:1. Ramon Batagello (+92kg) sofreu KO de Shaqueir Jamar, dos Estados Unidos. Mesmo com as derrotas, Jhonatan e Ramon conquistaram a medalha de Bronze, já que no Boxe não há disputa pelo terceiro lugar.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias