Segunda, 29 de Novembro de 2021
20°

Nevoa úmida

Curitiba - PR

Anúncio
Esportes Fórmula 1

GP SÃO PAULO: O Campeão Voltou

Punição de Hamilton, Bottas na pole e Ferrari mostrando serviço marcaram o GP São Paulo

19/11/2021 às 17h46
Por: BRUNA BERTOLLO
Compartilhe:
Foto: Buda Mendes
Foto: Buda Mendes

Após muito esperar finalmente chegou o GP São Paulo de Fórmula 1, um dos 3 na temporada que contavam com uma Sprint Race. Durante os treinos tivemos uma liderança da Mercedes, mas com a Red Bull bem na cola. Na sexta começou a primeira parte da corrida, classificatório para a Sprint race, Lewis Hamilton ficou com a pole, para largar na frente, seguido por Max Verstappen, Valtteri Bottas, Sergio Perez e Pierre Gasly em P5.

Sprint Race (sábado)

Se você queria uma corrida louca e cheia de acontecimentos, então o GP São Paulo foi feito para você. Depois de conseguir o melhor tempo para largar na frente durante a Sprint, Hamilton foi desclassificado do qualifying por ter um problema técnico no DRS, ou seja, a (ma)FIA analisou que o carro de Lewis estava em desacordo com as determinadas regras para a utilização da asa móvel. 

De acordo com Jo Bauer, delegado técnico que responde por todas as inspeções dos carros no final de semana, o carro de Hamilton estava acima do limite máximo da abertura de asa, o que aumenta a potência do carro quando o DRS é utilizado. Sendo assim tivemos como grid de largada para a Sprint Race, com Verstappen em primeiro, Bottas em segundo, Perez em terceiro, Gasly roubando o tão amado P4 do Leclerc e Sainz em quinto.

Já na largada, Bottas pulou na frente e seguiu liderando até o final, mas a verdadeira estrela do dia (na verdade do final de semana), foi Lewis Hamilton largando de 20º e chegando em 5º. Era nítido que a Red Bull e Verstappen deveriam se preocupar, porque o carro da Mercedes estava incrivelmente rápido nas retas. O mesmo pode-se dizer de Sergio Perez que ficou cozinhando atrás de Carlos Sainz durante uma boa parte da Sprint, deixando decido o seguinte grid para a corrida de domingo. 

O pódio, então, ficou da seguinte forma:

P1 Valtteri Bottas

P2 Max Verstappen

P3 Carlos Sainz

P4 Sergio Perez

P5 Lewis Hamilton

Corrida de domingo

Domingo de sol, Fórmula 1 e uma corrida de fortes emoções. No início da semana nossa querida Mercedes decidiu trocar o motor de Hamilton e com isso ele perderia 5 posições no grid de largada domingo, mas nada é impossível para o nosso heptacampeão. 

Logo na largada Bottas deu uma cochilada e Verstappen o ultrapassou pegando o primeiro lugar. Carlos Sainz deu uma leve encostada em Lando Norris, o tirando da prova e jogando o piloto para última posição no grid. Em menos de 20 voltas, Hamilton já estava atrás de Max Verstappen, e aí vocês já conseguem imaginar o delírio que foi em Interlagos. Demorou 59 voltas, um pequeno empurrão de Verstappen, mas Hamilton colocou de lado na descida do lago e passou, assumindo a liderança. 

E no final, como um bom brasileiro de coração, Lewis Hamilton reproduziu uma cena icônica de Ayrton Senna, pegando a bandeira brasileira e desfilando pelo autódromo, com os braços levantados, levando a torcida a loucura. 

Funfact sobre a história da bandeira: o marshall, que levou a bandeira do Brasil estava torcendo para Max Verstappen e pretendia entregá-la quando o mesmo fosse campeão do GP, como isso não deu muito certo, outro marshall simplesmente pegou a bandeira dele e entregou para Hamilton. 

Quem também teve um ótimo desempenho em Interlagos foi a Ferrari, com Charles Leclerc chegando em quinto (se livrou do P4 de sempre) e Carlos Sainz em sexto, cravando seu terceiro lugar no campeonato de construtores. 

Mas como nem tudo são flores, e algumas pessoas sempre querem derrubar Lewis Hamilton, o piloto acabou sendo penalizado com uma multa de R$ 31 mil por ter tirado o cinto para pegar a bandeira do Brasil antes de parar o carro. Uma verdadeira hipocrisia, mas tudo bem. 

Campeonato

Na pontuação geral, Max Verstappen continua liderando o campeonato com 14 pontos de diferença para Hamilton, mas, sabemos que vindo do inglês, tudo é possível. No próximo final de semana temos o GP do Qatar, na pista Losail

 

UPDATE: Após o GP São Paulo de Fórmula 1, Toto Wolff, um dos acionistas da Mercedes, pediu a revisão da câmera onboard de Verstappen para analisar o leve toque os dois tiveram durante a corrida, porém, a FIA não reviu sua decisão e não teremos punições.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias