Domingo, 28 de Novembro de 2021
21°

Nuvens esparsas

Curitiba - PR

Anúncio
Futebol Copa do Brasil

Athletico faz partida brilhante e vai à final da Copa do Brasil

Nikão foi a grande estrela do rubro-negro paranaense e fez dois gols; Zé Ivaldo no fim da partida marcou o gol da classificação

27/10/2021 às 22h26
Por: DANILO GEORGETE
Compartilhe:
Gustavo Oliveira/Athletico
Gustavo Oliveira/Athletico

Um Furacão passou no Maracanã e deixou o Flamengo desnorteado. Após um primeiro tempo brilhante, com dois gols de Nikão e um segundo tempo onde se defendeu muito bem e marcou mais um gol no fim da partida, o Athletico conseguiu a vitória e a vaga para a sua terceira final de Copa do Brasil. Assim como em 2013 e 2019, o Furacão vai novamente brigar pelo título da competição, o adversário na final será o Atlético-MG que venceu os dois duelos na semifinal contra o Fortaleza. 

O Jogo

O Furacão começou destruindo tudo no Maracanã. Logo aos 4 minutos de jogo Filipe Luís deu um bote em Kayzer, o time do Athletico ficou reclamando de pênalti e o árbitro deixou o jogo seguir, até que a bola parou e ele foi verificar no VAR e confirmou a existência da penalidade. Nikão foi pra bola, bateu firme e abriu o marcador logo aos 9 minutos, deixando o rubro-negro paranaense em vantagem.

Com o placar a seu favor o Athletico continuou leve em campo e dominando a partida, o Flamengo aos poucos tentava chegar ao gol do Furacão e a melhor oportunidade foi aos 21 minutos, quando Rodrigo Caio ganhou de cabeça na área e a bola sobrou para Léo Pereira que bateu por cima do gol de Santos.

O Flamengo continuou a pressão e aos 31 minutos após cruzamento de Filipe Luís, Thiago Heleno derrubou Bruno Henrique na área e o árbitro em cima do lance assinalou pênalti. Mas logo o VAR chamou árbitro Wilton Pereira Sampaio para rever o lance e na sequência ele anulou a marcação para desespero do Flamengo e de toda a torcida no Maracanã. Aos 40 minutos o Flamengo teve mais uma oportunidade após voleio de Bruno Henrique que o Santos defendeu.

Aos 52 minutos o Athletico que vinha fazendo uma partida brilhante na defesa, deixando o Flamengo perdido em campo, conseguiu um ótimo contra-ataque e pegou a defesa do rubro-negro carioca perdida, Kayzer deu um excelente passe para Nikão que dominou, bateu cruzado, Diego Alves aceitou e abola foi devagarinho para o fundo das redes. 2 a 0 para o Athletico e meio caminho andado até a final da Copa do Brasil. 

O Flamengo desajustado, foi para o intervalo repetindo o fraco desempenho que teve no clássico contra o Fluminense pelo Brasileirão.

Segundo Tempo

O Flamengo voltou com Michael no lugar de Diego e montaram uma blitz na área athleticana. Michael começou a infernizar a zaga do time paranaense e aos 7minutos quase fez um gol de placa no Maracanã após enfileira toda a zaga do Furacão, chutar pro gol e ver Santos defender e a bola ainda tocar o travessão. Aos 11 minutos após cobrança de escanteio, Léo Pereira cabeceou e a bola balançou a rede pelo lado de fora, levando a torcida no Maracanã a loucura.

O Athletico tentava encontrar alternativas para sair do sufoco, mas o Flamengo continuava a pressão. O Flamengo tentava encontrar espaços na zaga do Athletico e aos 16 após outra jogada criativa de Michael, a bola sobrou para Éverton Ribeiro que finalizou fraco para a defesa de Santos.

O tempo foi passando, o Flamengo continuava com pose de bola no ataque, mas encontrava dificuldade para furar o bloqueio da zaga athleticana. Sem encontrar espaços, o Flamengo tentava alçar bolas na área, mas sem efetividade.

Aos 35 após falta de Khellven, o árbitro deu amarelo, mas depois foi ao VAR analisar um possível vermelho e mudou o cartão para o athleticano, expulsando o jogador que havia acabado de entrar na partida. Com um a mais em campo o Flamengo foi de vez para cima para tentar reverter o resultado, mas o Athletico continuou firme na defesa e valente para segurar um dos melhores elencos do Brasil.

Aos 44 minutos em mais um contra-ataque do Furacão, Pedro Rocha recebe belo passe de Zé Ivaldo e depois entrega na entrada da área para Zé Ivaldo tocar no canto e definir o resultado no Maracanã e classificar o Athletico para final da Copa do Brasil. Na final o rubro-negro paranaense vai enfrentar o xará mineiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias