Quarta, 27 de Outubro de 2021
22°

Muitas nuvens

Curitiba - PR

Futebol Futsal

Brasil perde para Argentina e dá adeus a busca pelo hexa na Copa do Mundo de Futsal

Se aproveitando dos erros brasileiros, os argentinos venceram a partida e estão na final da competição

29/09/2021 às 15h51 Atualizada em 04/10/2021 às 11h47
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Foto: Directv
Foto: Directv

Na tarde desta quarta-feira (29), Brasil e Argentina se enfrentaram pela semifinal da Copa do Mundo de Futsal. Em uma partida muito pegada e marcada pelas faltas, os argentinos encontraram dois gols e carimbaram a vaga para grande final, deixando o Brasil pelo caminho, vencendo a partida por 2x1.

O Jogo

A partida começou num ritmo muito intenso, com as duas seleções brigando forte pela bola e chegando firme nos adversários. Com o jogo disputado, o primeiro lance real de perigo só foi acontecer após 4 minutos de partida, Rodrigo lançou Pito que soltou uma bomba, a bola explodiu no travessão e saiu.

Tentando buscar espaços, o Brasil avançava ao campo de ataque com o goleiro Guitta, pater um homem a mais pressionando o adversário , mas os argentinos seguiam bem fechados. Restando pouco mais de 12 minutos, Marlon vacilou na saída de bola, Brandi foi pra cima e quase fez o gol. Na saída pro contra-ataque, Pito adiantou a bola passou pelo adversário e tentou chegar ao fundo, Sarmiento chegou arrepiando o pivô e o clima esquentou em quadra, saindo o primeiro amarelo do jogo para o arqueiro argentino.

Pouco tempo depois, foi a vez de Lino, o ala errou o tempo de bola e acertou Brandi, levando cartão amarelo. Na cobrança de falta, Cuzzolino bateu forte, no canto, obrigando o goleiro brasileiro a trabalhar. 

Parada técnica que surgiu efeito

A Argentina passou a gostar mais do jogo e a pressionar mais o Brasil, apertando os espaços, e mesmo com atacando mais, na metade do tempo, o técnico Matías Raúl Lucuix pediu tempo e parou o jogo.

A parada deu certo, na volta pro jogo, após uma cobrança de escanteio, Bolo Alemany lançou Borruto na esquerda, ele chutou, Rodrigo desviou a primeira, mas a bola voltou nos pés do ala, que ajeitou novamente e chutou no canto de Guitta, Vaporaki ainda tocou nela antes de entrar. Placar aberto na semifinal, 1x0 Argentina.

Um minuto depois, o Brasil respondeu, Leozinho avançou, passou por Vaporaki e lançou Ferrão, que de coxa tentou encobrir o goleiro, mas com desvio a bola foi pra fora. A partida seguia tensa e pegada, Bolo Alemany derrubou Leozinho, cometendo a 4ª falta da equipe e levando mais um amarelo. 

Ducha de água fria

Mas apesar do nervosismo, os Hermanos souberam aproveitar a oportunidade. A bola foi esticada para Rescia, que ganhou de Pito e rolou pro meio, Borruto chegou batendo forte pra ampliar o placar. Brasil 0x2 Argentina. Marquinhos Xavier parou a partida e pediu tempo. Na volta pra quadra, Pito acertou a trave, quase diminuindo o placar. 

Brasil não se entrega e diminui o placar

Restando pouco menos de 4 minutos, o Brasil enfim encontrou as redes. Marlon lançou Pito na ponta direita que tocou pro meio, Ferrão chegou se jogando para empurrar a bola pra rede. 2x1 no placar, Brasil no jogo.  

O Brasil voltou a crescer na partida, Rocha entrou na partida e passou a dar mais volume de jogo. Na reta final do primeiro tempo, o pivô arriscou a jogada sozinho e chutou de longe, a bola caprichosamente tocou na trave e saiu. No último segundo, Cuzzolino ainda tentou um chute de longe com a defesa aberta mas a bola foi pra fora. Final da primeira etapa Brasil 1x2 Argentina.

2º tempo

Assim como a primeira, a segunda etapa começou muito pegada. A primeira chance foi com a Argentina, Taborda chapelou Rocha, mas pegou mal na bola e mandou pra fora. O Brasil respondeu com Pito, que carregou pela direita, puxou pro meio e chutou com muita força, Sarmiento fez grande defesa.

Com 3 minutos, Rocha sofreu a falta na direita, Rodrigo foi pra cobrança e Sarmiento novamente fez grande defesa. Dois minutos depois, Ferrão se estranhou com Cuzzolino e o derrubou no chão sem bola, era a 3ª falta brasileira com pouco menos de 4 minutos.

A seleção brasileira seguia melhor na partida, mas os argentinos mascavam o jogo e se fechavam na defesa. Com 9 minutos, Rescia recebeu a bola na cara de Guitta, tentou uma bicicleta, mas o goleiro brasileiro ficou com a bola.  Com a partida tensa, Marquinhos Xavier parou a partida.

Panela de pressão

Quando o relógio marcava pouco mais de 8 minutos, os nervos estavam a flor da pele. Rocha cometeu a 5ª falta brasileira. Poucos segundos depois, o chumbo trocado veio, Cuzzolini derrubou Rocha, também foi a 5ª falta para a equipe argentina, a partir dali, qualquer falta era tiro livre. Ataque x defesa, os brasileiros buscavam o gol, após um levantamento alto pra área, Rocha dividiu com o goleiro e a bola saiu.

Foi pro tudo ou nada

Na reta final da partida, Marquinhos Xavier jogou todas as cartas e colocou Dyego como goleiro linha, deixando a meta aberta. O relógio corria, inimigo dos brasileiros, que pressionavam, mas tinham que cuidar para não perder a bola. O Brasil lutou, tentou, mas nao restava mais tempo. Fim de papo na partida, vitória dos Hermanos. Brasil 1x2 Argentina.

Resultado

Com o resultado, a Argentina agora espera o vencedor entre Portugal x Cazaquistão. Já o Brasil, faz a disputa do 3º lugar, no domingo (03), às 12h.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias