Quarta, 27 de Outubro de 2021
21°

Céu encoberto

Curitiba - PR

Futebol Brasileirão 2021

De virada! Athletico vence o Juventude em casa e quebra sequencia ruim no Brasileirão

Furacão quebra o jejum de oito jogos sem vencer e conquista três pontos importantíssimos

18/09/2021 às 18h14
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na noite deste sábado (18), o Athletico Paranaense recebeu o Juventude na Arena da Baixada, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Tentando conquistas três pontos e se livrar da má fase de oito jogos sem vencer na competição, o rubro-negro sofreu, mas conseguiu a virada e venceu a partida por 2x1.

A última vitória do rubro-negro havia sido diante do Internacional, na Arena, no dia 25 de julho, após isso, foram sete derrotas e um empate. No primeiro turno, o Furacão também havia vencido o time gaúcho por 3x0 no Alfredo Jaconi.

O Jogo

A partida começou com o Juventude parecendo jogar em casa. Até os 12 minutos de partida, a equipe de Caxias chegou quatro vezes a meta do rubro-negro, mas nenhuma que assustasse o goleiro Santos. O Furacão só foi acordar aos 17 minutos, em um chute completamente sem força de Christian.

RUA!

Aos 20 minutos, Nikão iniciou boa jogada pela direita, ele ergueu a cabeça e lançou Terans na entada da área, que bateu forte, mas Douglas se esticou todo e mandou para escanteio. No início da jogada, o lateral Rafael Forster deu um pisão em Nikão, o VAR chamou o árbitro Leo Simão Holanda, que expulsou o lateral.

Com a expulsão o Athletico se jogou mais ao ataque, e tentou chegar ao gol, porém, a falta de pontaria não ajudou a equipe da casa, que falhou em boas tentativas de Nikão, Terans e Erick. O árbitro apitou o final da primeira etapa e os jogadores foram pro vestiário com 0x0 no placar.

2º Tempo 

No intervalo da partida, Paulo Autuori tirou o zagueiro Nicolas, e colocou o atacante Pedro Rocha, tirando o time do 3-4-3, transformando em um 4-4-2 e o Athletico continuava no ataque. Logo aos 2 minutos, Marcinho avançou pela direita e cruzou bem, Bissoli subiu de cabeça e mandou no canto de Douglas que fez uma linda defesa e mandou para escanteio. Com 7 minutos, mais uma chegada, falta perigosa para o rubro-negro, Nikão cruzou pra área, Erick desviou e a bola passou muito perto.

Balde de água fria

Quando quem parecia que o Athletico ia conseguir o gol, o Juventude veio ao ataque, Castilho recebeu na entrada da área e quando foi tentar entrar, Marcinho o derrubou na frente do árbitro, pênalti. Ricardo Bueno bateu no centro do gol e abriu o placar, 1x0 Juventude.

A equipe paranaense tentou buscar o empate, e chegou logo em seguida duas vezes com perigo, mas sem pontaria. Até que, aos 15 minutos, após um cruzamento, a bola sobrou pra Abner, que tentou cruzar novamente, a bola pegou na mão de Paulinho Bóia. Dois minutos depois, o VAR chamou, e o juíz confirmou pênalti para o Furacão. 

Pênalti para um lado, pênalti para o outro

Guilherme Bissoli foi para cobrança e bateu firme, no meio do gol, muito parecido com a cobrança do Juventude, empatando a partida. Athletico 1x1 Juventude. Imediatamente após o gol, Autuori chamou Renato Kayzer para o lugar de Christian, jogando totalmente o time pra frente.

Aos 20, outra boa jogada de Nikão, agora pela esquerda, ele balançou pra cima do zagueiro e chutou rasteiro, a bola passou pelo goleiro e sobrou para Marcinho que bateu mascado, Vitor Mendes salvou quase em cima da linha. 

Com a pressão, veio a virada 

Pressão total no ataque, o Furacão foi em busca da virada, e ela veio aos 25. Abner avançou com a bola e ergueu a cabeça fazendo uma um belo cruzamento, o goleiro saiu mal e Renato Kayzer subiu para fuzilar de cabeça no fundo das redes. Athletico 2x1 Juventude.

Com o placar a seu favor, a mudança veio em atacado, três no Athletico para povoar o meio campo e Marquinhos Santos também mexeu na equipe gaúcha, colocando mais um meia e um atacante. Mesmo com placar a favor, só dava Athletico, Zé Ivaldo pegou a sobra na área e chutou bonito, Douglas fez a defesa.

Mas pra quem pensava que seria fácil, a equipe gaúcha não se deu por vencida. Aos 39 minutos, Jadson tentou chute de longe obrigando Santos a trabalhar para colocar a bola para escanteio. O jogo amornou, e o rubro-negro passou a tocar mais a bola, Nikão ainda tentou no final, mas não teve êxito. Fim de papo na Arena, o Furacão tira a zica e ganha mais três pontos. Athletico 2x1 Juventude.

Resultado

Com o resultado, o Furacão finalmente da uma respirada e chega a 27 pontos, subindo para a 8ª posição, já o Juventude fica na 14ª, com 23 pontos. O próximo compromisso do rubro-negro é pela Copa Sul-Americana, na quinta-feira (23), contra o Peñarol, pela primeira partida da semifinal. Já o alvi-verde, recebe o Santos em casa no domingo (26), pelo Brasileirão.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 18 de setembro de 2021 (domingo)

Horário: 18h45 (horário de Brasília)

Estádio: Arena da Baixada (Curitiba/PR)

Árbitro: Leo Simão Holanda (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Cleberson do Nascimento Leite (CE).

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

 

Cartões amarelos: Nicolas (Athletico), Douglas Friedrich (Juventude), Nikão (Athletico), Erick (Athletico), Bissoli (Athletico), Zé Ivaldo (Athletico)

Cartões vermelho: Rafael Forster (Juventude)

 

GOLS:

Athletico: Guilherme Bissoli, aos 17 minutos do 2T. Renato Kayzer, aos 25 minutos do 2T.

Juventude: Ricardo Bueno, aos 10 minutos do 2T.

 

Athletico: Santos; Zé Ivaldo, Lucas Fasson, Nicolas (Pedro Rocha); Marcinho (Khellven), Erick (Richard), Christian (Kayzer), Abner; Terans (Léo Cittadini), Nikão e Guilherme Bissoli.

Técnico: Paulo Autuori

 

Juventude: Douglas Friedrich; Michel (Fernando Pacheco), Vitor Mendes, Rafael Forster; Dawhan, Jadson, Guilherme Castilho (Wescley); Capixaba (Alyson), Paulinho Bóia (Paulo Henrique) e Ricardo Bueno.

Técnico: Marquinhos Santos

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias