Segunda, 27 de Setembro de 2021 08:10
(41) 98889-8341
Futebol Brasileirão 2021

Athletico perde mais uma e segue em má fase no Brasileirão

Nos últimos 12 jogos disputados, o rubro-negro levou gol em 11, a exceção foi a última partida contra o Santos

28/08/2021 21h02
Por: GUILHERME DIAS
Foto: Gustavo Oliveira
Foto: Gustavo Oliveira

Na noite deste sábado (28), o Athletico foi até o Allianz Parque enfrentar o Palmeiras pela penúltima rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2021. Mantendo a má fase no campeonato de pontos corridos, o Athletico perdeu novamente, somando o 6º jogo sem vitória, sendo a 5ª derrota seguida na competição.

Além de colocar mais pilha no lado rubro-negro, o Palmeiras mantém um tabu de não perder para o Athletico desde 2017, somando seis vitorias e um empate nos últimos sete jogos. 

O Jogo

Supreendentemente quem começou melhor na partida foi o Furacão, até os primeiros 10 minutos, foram três chegadas com perigo, obrigando Weverton a ter trabalho. Porém, quando o Palmeiras acordou, só deu verdão. Aos 13, Dudu tentou de cabeça pra fora, aos 17, Veiga limpou Abner e deu um lindo chute, Santos voou para salvar.

No meio de três

Até que aos 21, em uma cobrança de escanteio, Veiga cobrou no meio da área, Luan subiu no meio de três zagueiros e cabeceou no canto de Santos, para abrir o placar no Allianz Parque. 1x0 Palmeiras.

O gol fez o Athletico ficar ainda mais apático, errando passes e dando contra-ataques bobos para o time da casa. A jogada de maior perigo aconteceu aos 42 minutos, quando Terans dominou dentro da área e rolou para Bissoli, que limpou o zagueiro e fez o gol. Porém, Leandro Pedro Vuaden anulou a jogada, alegando que o atacante dominou com a mão antes do passe.

2º Tempo

No intervalo, António Oliveira mexeu na equipe para tentar colocar um jogador de ataque, Carlos Eduardo entrou no lugar de Christian. Porém, o segundo tempo começou igual o primeiro, o Palmeiras seguia com o domínio completo do jogo. 

Com 8 minutos, Veron colocou a bola nas costas de Marcinho, Veiga dominou na esquerda e bateu cruzado, a bola explodiu na trave e saiu. Aos 16, Terans fez fila na entrada da área e rolou para Bissoli na direita, que de frente pro gol, chutou pra fora. 

Os dois técnicos portugueses mexeram nas equipes para tentar buscar o resultado. Abel Ferreira fez logo três, substituições, colocando dois ex-athleticanos, Breno Lopes, Rony e Deyverson  no lugar de Veron, Veiga e Willian. António Oliveira chamou Pedro Rocha, para o lugar de Jader.

Brilha a estrela de Bissoli

A substituição rubro-negra funcionou. Aos 20 minutos, logo no primeiro lance, Pedro Rocha começou a jogada e tocou para Terans, o uruguaio passou por dois zagueiros e rolou para Bissoli que emendou uma bomba no canto direito de Weverton, fazendo um golaço e empatando a partida. Palmeiras 1x1 Athletico.  É o terceiro gol do centroavante, que estava emprestado ao Cruzeiro e foi pedido de volta pelo Furacão há pouco mais de 2 semanas. 

A “lei do ex” não falha

Se de um lado a substituição funcionou, do outro também, e com a lei do ex. Cinco minutos depois do empate, Breno Lopes carregou pela direita e tocou para Deyverson, o centroavante dominou na área e achou Rony entrando na área, que fuzilou no canto esquerdo de Santos. Palmeiras novamente a frente, 2x1. O camisa 7 não comemorou o gol em respeito ao ex time.

O relógio marcava 40 minutos, e a reta final da partida ficou morna, o verdão dominava a partida e tocava a bola, controlando as ações do adversário. Com 42 minutos, Felipe Melo fez um lançamento preciso para Deyverson, que sozinho tentou driblar Santos, mas o goleiro levou a melhor e ficou com a bola.

Nos cinco minutos de acréscimo, o rubro-negro passou ter mais a bola e tentar buscar o ataque e pressionando até o fim, mas já era tarde. Fim de papo no Allianz Parque, Palmeiras 2x1 Athletico.

Resultado

Com o resultado, o Furacão se mantém na 9ª colocação, podendo ser ultrapassado por Internacional e São Paulo até o fim da rodada, com 23 pontos. Já o Porco continua no encalço do Atlético MG, na segunda posição, somando 35.

A próxima partida do Palmeiras está marcada contra o Flamengo, no dia 11 de setembro. Já o Athletico enfrenta o Sport no dia 05 de setembro.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

Data: 28 de agosto de 2021 (sábado)

Horário: 21h (horário de Brasília)

Estádio: Allianz Parque (São Paulo/SP)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

 

Cartões amarelos: Zé Rafael (Palmeiras), Deyverson (Palmeiras), Felipe Melo (Palmeiras).

 

GOLS:

Palmeiras: Luan, aos 21 minutos do 1T. Rony, aos 25 minutos do 2T.

Athletico: Bissoli, aos 20 minutos do 2T.

 

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Piquerez; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Rony); Gabriel Veron (Breno Lopes), Willian (Deyverson) e Dudu (Felipe Melo).

Técnico: Abel Ferreira

 

Athletico: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Zé Ivaldo, Abner; Richard (Erick), Christian (Carlos Eduardo), Léo Cittadini; David Terans, Nikão, Jader (Pedro Rocha) e Bissoli (Kayzer).

Técnico: António Oliveira

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias