Segunda, 27 de Setembro de 2021 08:06
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Natação Paralímpica

Brasileiros brilham na natação paralímpica e garantem vagas nas finais

De 13 nadadores brasileiros, 7 garantiram vagas para finais de suas categorias

25/08/2021 04h05
Por: GUILHERME DIAS
Foto: Adam Pretty/Getty Images
Foto: Adam Pretty/Getty Images

Na noite desta terça-feira (24), manhã de quinta-feira (25) em Tóquio, aconteceu a estreia da Natação nos Jogos Paralímpicos. E como não podia ser diferente, os brasileiros brilharam nas águas do Japão, conquistando vagas nas finais em quase todas as provas que disputaram, com direito até a quebra de recorde Paralímpico.

Confira abaixo como foi o desempenho de cada um:

Gabriel Araújo 

Gabriel Geraldo dos Santos Araújo abriu as disputas brasileiras no Centro Aquático de Tóquio, na prova dos 100m costas S2, o brasileiro fechou com o segundo lugar em sua bateria, ficando com o quarto lugar geral, avançando para a final com um tempo de 2m09s73.

Gabriel Bandeira

Em sua primeira disputa de Paralímpiadas, Gabriel Bandeira disputou a segunda bateria dos 100m borboleta na classe S14, e avançou para a final em segundo lugar geral, com direito a quebra de recorde paraolímpico, com o tempo de 56s78. O brasileiro só não manteve o recorde, pois logo em seguida, o britânico Reece Dunn conseguiu a façanha de diminuir ainda mais a marca com o tempo de 55s99, cravando o primeiro lugar geral nas eliminatórias.

Phelipe Rodrigues

Um velho conhecido das águas e dos pódios também garantiu seu lugar na final para concorrer a sua 8ª medalha paralímpica. Phelipe Rodrigues, que já possui cinco medalhas de pratas e duas de bronze, chegou a final com o terceiro melhor tempo das eliminatórias dos 50m livre S10, confirmando o tempo de 23s74.

Mariana Ribeiro

A carioca Mariana Ribeiro, medalhista parapanamericana, se classificou em terceiro na sua bateria, conquistando o quarto melhor tempo geral nos 50m livre S9/S10, com o tempo de 28s41.

Douglas Matera

Douglas Matera disputou a primeira prova da natação para pessoas com deficiência visual nos Jogos de Tóquio. O atleta ficou em quarto lugar em sua bateria com o tempo de 58s66, posição suficiente para classificá-lo para final, ficando com o sexto melhor tempo geral.

Maria Carolina Santiago

Na disputa dos 100m borboleta S12/S13, Mariana Carolina Santiago conseguiu a classificação para final com a segunda colocação em sua bateria, com o tempo de 1m07s03, conquistando o quinto melhor tempo geral na classificatória.

Daniel Dias

O multicampeão Daniel Dias, caiu nas águas de Tóquio para iniciar as últimas braçadas do maior atleta paralímpico de todos os tempos. Aos 33 anos, o nadador que tem ao todo 24 medalhas, sendo quatorze de ouro, sete de prata e três de bronze, irá disputar mais. Nas classificatórias dos 200m livre S5, o brasileiro se classificou para final sem forçar muito, com o tempo de 2min45s16, fazendo o terceiro melhor tempo da classificatória. Além dos 200m livre, Daniel ainda cairá na piscina mais duas provas, os 50m e 100m livre S5.

Demais atletas

Eric Tobera, RonyStony Cordeiro da Silva, Laila Suzigan Abate, Lucilene da Silva Souza, Esthefany Rodrigues, Caio Amorim e Gabriel Souza acabaram não conseguindo alcançar boas posições, ficando de fora nas disputas das finais em suas categorias.

Confira o horário das finais na manhã desta quarta-feira (25):

05h31 - 100m costas masculino S2 - Gabriel Araújo

06h04 - 100m borboleta masculino S14 - Gabriel Bandeira

07h06 - 50m livre masculino S10 - Phelipe Rodrigues

07h12 - 50m livre feminino S10 - Mariana Ribeiro

07h32 - 100m borboleta masculino S13 - Douglas Matera

07h38 - 100m borboleta feminino S13 - Maria Carolina Santiago

07h52 - 200m livre masculino S5 - Daniel Dias

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias