Segunda, 27 de Setembro de 2021 08:24
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Vôlei Feminino

É PRATA! Brasil é dominado pelos Estados Unidos e fica com o segundo lugar no vôlei feminino

As brasileiras não tiveram chance e foram "engolidas" pelas norte-americanas que não deram nem chance e fizeram 3 sets a 0

08/08/2021 03h02 Atualizada há 2 meses
Por: LEANDRO GEORGETE
Foto: Gaspar Nóbrega / COB
Foto: Gaspar Nóbrega / COB

É prata para o Brasil! O vôlei feminino brasileiro foi derrotada na final olímpica pelos Estados Unidos por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/20 e 25/14. As brasileiras entraram em quadra este domingo (08),às 1h30 no horário de Brasília, para a última disputa de medalha para o Brasil. Infelizmente a medalha de ouro não veio, mas a medalha de prata e o reconhecimento fica acima de tudo desta equipe do vôlei feminino.

1º set: 

O primeiro set começou bem a favor dos Estados Unidos. As norte-americanas apostaram no bloqueio e marcação em Rosamaria e abriram 4x0 logo de cara. O Brasil só foi pontuar em três erros das estadunidenses, com 6x3. Logo em seguida as brasileiras começaram a soltar o braço e chegaram a encostar no placar, fazendo um 8x7.

As norte-americanas até tentaram e conseguiram abrir mais vantagem no primeiro set, abrindo 22x17, com erro de recepção de Fernanda Garay. O set fechou em 25x21 para os Estados Unidos.

2º set:

O Brasil voltou melhor para a segunda parte da partida, logo fazendo 3x1, sem deixar as adversárias pensarem muito. E quando as americanas decidiram entrar novamente para o jogo, entraram rapidamente e logo apostando no bloqueio, elas abriram 18x9 de diferença e vantagem no set. 

As brasileiras esboçaram uma reação quando encostaram no placar, forçando um 22x19, mas em erros brasileiros seguidos os Estados Unidos continuaram na liderança e fecharam o set em 25x20.

3º set:

O terceiro set começou bem disputado e foi seguindo assim até os Estados Unidos assumir a ponta para a vitória na partida. O Brasil claramente estava nervoso em quadra, tentando decidir tudo na porrada e errando muita bola. Enquanto as norte-americanas dava volume de jogo e e explorava os erros de posicionamento de defesa e bloqueio brasileiros. Os Estados Unidos abriram 15x8 de diferença.

Em ótimo desempenho e se divertindo em quadra, as adversárias das brasileiras pareciam não sentir o peso de uma final olímpica e estavam muito leves. Sem muitas dificuldades abriu 22 a 12, e iam se aproximando da medalha de ouro. O set e a partida fechou em 25x14, com uma inédita medalha de ouro para os Estados Unidos, e uma improvável medalha de prata brasileira

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias