Segunda, 27 de Setembro de 2021 07:48
(41) 98889-8341
Futebol Brasileirão 2021

Athletico volta a atuar mal e perde para o São Paulo em casa

Lei do ex funciona duas vezes e Pablo decreta derrota athleticana na Arena

07/08/2021 19h06
Por: GUILHERME DIAS
Foto: José Tramontin
Foto: José Tramontin

No final de tarde deste sábado (07), o Athletico Paranaense recebeu a equipe do São Paulo na Arena da Baixada pela 15ª rodada do Brasileirão 2021. Em mais uma partida apática, e com falhas no sistema defensivo, o rubro-negro perdeu  partida por 2x1, com dois gols do ex-athleticano Pablo.

O Jogo

A partida começou com o Athletico recuado e não conseguindo impor ser forte ritmo, que todos estamos acostumados a ver dentro de casa. O São Paulo se aproveitou da situação e foi pra cima, logo aos 5 minutos, Pablo recebeu na entrada da área, ajeitou e chutou, Bento encaixou. No minuto seguinte, a resposta athleticana, Nikão recebeu na intermediária e também chutou de longe, Volpi agarrou e não soltou.

O tricolor paulista era melhor em campo, até que, aos 12 minutos, Pablo invadiu a área e foi derrubado por Pedro Henrique, pênalti indiscutível. O próprio Pablo foi pra bola e colocou no canto esquerdo de Bento, abrindo o placar na Arena.

Com o gol, o Athletico acordou, começou a atacar mais e a sofrer mais faltas, e a insistência deu certo. Aos 27 minutos, Nikão começou a jogada e tocou para Carlos Eduardo, o ponta tocou para Terans, que com um toquinho deixou Kayzer sozinho para empatar a partida, 1x1.

Apesar do empate, o rubro-negro continuava lento e desatento na partida, o time paulista explorava as pontas e conseguia chegar com perigo. E com 33 minutos, Wellington colocou Sara pra correr na linha de fundo, ele cruzou rasteiro para pequena área, e Pablo, pela 2ª vez, colocou a bola pra rede, era o desempate tricolor, 2x1.

Quando o primeiro tempo se encaminhava pro final, Terans tentou uma jogada individual e chutou forte, de longe, Volpi teve que se esticar todo para conseguir fazer a defesa, e foi só. O árbitro Jean Pierre Gonçalves deu fim ao primeiro tempo, Athletico 1x2 São Paulo.

2º Tempo

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram ao gramado sem substituições, mas quem voltou melhor foi o Furacão. Logo aos 3 minutos, após uma cobrança de falta, Nikão ajeitou para Richard que chutou com perigo pra fora. Aos 9, Terans deu uma linda finta em cima de Léo, mas faltou pontaria.

O rubro-negro seguia pressionando e logo depois chegou novamente, Nikão recebeu na meia-lua e chutou forte, a bola subiu e saiu por cima do travessão. Os técnicos então resolveram mexer na equipe, no São Paulo, Galeano entrou no lugar de Rojas, já no CAP, a alteração foi Erick por Cittadini.

O jogo ficou mais morno, com as duas equipes tentando encontrar espaço para atacar. O tricolor chegou pela primeira vez ao ataque somente aos 22 minutos, após um cruzamento de Wellington, Pablo se esticou mas pegou mal na bola, mandando pra fora. Aos 28 minutos, na cobrança de escanteio, Gabriel Sara absolutamente sozinho na marca do pênalti, perdeu o gol.

Confusão

Aos 36 minutos, em um lance de bobeira, Benítez, que estava aquecendo do lado de fora do gramado, chutou a bola que estava na marca do escanteio, o árbitro Jean Pierre expulsou o jogador e começou um princípio de confusão, o jogo ficou parado por quase 5 minutos, até que o jogador saísse do gramado.

A pausa desestabilizou os jogadores, que voltaram ainda mais nervosos para a partida, e uma coleção de cartões amarelos foram dados em sequência. Futebol mesmo, só voltamos a ter aos 44 minutos, em uma chegada do time paulista, Gabriel Sara deu um toque na cara de Bento, que fez um milagre para salvar o 3º gol.

Com toda confusão armada no gramado, Jean Pierre determinou 10 minutos de acréscimo. E quando o jogo se encaminhava para o fim, VAR novamente, em um lance na bandeira de escanteio, Cittadini deixou o cotovelo em Pablo sem intenção, após 2 minutos de análise no vídeo, o árbitro mandou seguir a partida.

Apesar de todo tempo de acréscimo, a partida seguia mascada e truncada, nenhuma das equipes conseguiu chegar ao ataque, até que o juiz pediu a bola e encerrou o jogo. Athletico 1x2 São Paulo.

Resultado

Com o resultado, o Furacão permanece momentaneamente na 6ª posição com 23 pontos. Já o São Paulo consegue um respiro da zona do rebaixamento, ficando na 16ª posição, com 15 pontos.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 07 de agosto de 2021 (sábado)

Horário: 18h (horário de Brasília)

Estádio: Arena da Baixada (Curitiba/PR)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG) 

 

Cartões amarelos: Wellington (São Paulo), Igor Vinícius (São Paulo), António Oliveira (Athletico), Crespo (São Paulo), Richard (Athletico), Thiago Heleno (Athletico), Galeano (São Paulo), Lucas Perri (São Paulo)

Cartões vermelhos: Benítez (São Paulo)

 

GOLS:

Athletico: Kayzer, aos 27 minutos do 1T.

São Paulo: Pablo, 2x, aos 13 minutos do 1T e aos 33 minutos do 1T. 

 

Athletico: Bento; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno, Márcio Azevedo (Jaderson); Richard (Zé Ivaldo), Erick (Léo Cittadini), Terans (Jadson); Nikão, Carlos Eduardo e Renato Kayzer (Mingotti).

Técnico: António Oliveira

 

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Orejuela), Miranda, Léo, Wellington (Luan); Rodrigo Nestor (Bruno Alves), Liziero, Igor Gomes (Reinaldo), Gabriel Sara; Rojas (Galeano) e Pablo.

Técnico: Henán Crespo 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias