Segunda, 27 de Setembro de 2021 07:57
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Vôlei masculino

Brasil vence o Japão por 3x0 e está na semifinal do Vôlei masculino

O adversário da semifinal é o Comitê Olímpico Russo, único adversário que venceu o Brasil nos Jogos de Tóquio

03/08/2021 01h55 Atualizada há 2 meses
Por: GUILHERME DIAS
Foto: Divulgação/COB
Foto: Divulgação/COB

No começo da madrugada desta terça-feira (03), Brasil e Japão entraram em quadra para disputar as quartas de final do Vôlei de quadra masculino. Mesmo com a seleção japonesa dando trabalho, os brasileiros não tiveram dó e liderados por Lucarelli e Wallace, aplicaram 3x0, jogando um voleibol de qualidade.

Nas semifinais, a seleção brasileira encara o Comitê Olímpico Russo, que venceu o Canadá também por 3x0, e foi único time que venceu os brasileiros na fase de grupos. A partida acontece na próxima quinta-feira (05), às 9h da manhã (horário de Brasília).

O Jogo

A partida começou bem movimentada na Arena Ariake, o Brasil chegou descendo o braço no ataque, e pegando tudo na defesa, abrindo 4x1. Os japoneses tentavam se encaixar no jogo, Nishida e Sekida formavam um verdadeiro paredão, pra tentar segurar os brasileiros, mas Wallace e Leal destruíam a defesa fazendo um ponto atrás do outro. Lucarelli atacou do fundo e o técnico japonês pediu desafio, bola dentro, 16x12 pro Brasil.

Quando parecia que os brasileiros iriam decolar no set, o Japão foi atrás e conseguiu diminuir a vantagem, pra 2 pontos. Na reta final do set, bola no Wallace, que ele resolve, Bruninho acionou o oposto três vezes e ele cravou as três no chão, o Japão pediu tempo. A parada não adiantou, e o Brasil defendeu uma bola espetacular, no ataque, Nishida jogou pra fora, fim de set, 25/21, 1x0 para o Brasil.

2º Set

Nishida, o melhor jogador do Japão na partida, voltou com sangue nos olhos para o segundo set, fazendo um ace logo no primeiro ponto. Se aproveitando dos contra-ataques, os japoneses cresceram no jogo e abriram 4x2 em uma largadinha de Ishiwaka. 

A equipe japonesa seguia com um forte ritmo de jogo, enganando os brasileiros com fakes shots, abriram 14x10. Lucarelli, o melhor sacador da partida, chamou a responsa e soltou o braço, a defesa japonesa deu rebote e Lucão colocou no chão pra diminuir a diferença em apenas um ponto. Leal empatou e Wallace no bloqueio sozinho virou.

Na reta final do set, o Brasil conseguiu três pontos, Lucarelli explorou o bloqueio conseguindo o set pont, os japoneses salvaram o primeiro, mas Wallace achou a diagonal curta pra fechar o set em 25/22, Brasil 2x0.

3º Set

Com a partida controlada, a equipe brasileira entrou no terceiro set mais tranquila. Os anfitriões ainda tentavam se recuperar na partida, mas o nervosismo e o cansaço eram evidentes, desperdiçando alguns ataques, e não conseguindo mais segurar os ataques brasileiros. Lucarelli e Wallace brilhavam cada vez mais na partida, conseguindo abrir uma vantagem de 14x8, a maior da partida até o momento, quando o técnico Yuichi Nakagaichi pediu tempo. 

Na reta final do set, o Brasil cadenciou o jogo, Isac o central de 2.08m de altura entrou no jogo para subir a rede brasileira. Os japoneses ainda lutavam bravamente para tentar diminuir a vantagem, Ishikawa conseguiu um lindo ace, a vantagem que era de sete pontos, caiu pra três. Dal Zotto chamou Maurício pra quadra, e funcionou, o central subiu no block para fazer o set point e apareceu na ponta pra fazer o último ponto da partida, fim de partida, 25/20, Brasil 3 sets a 0.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias