Domingo, 28 de Novembro de 2021
20°

Nevoa úmida

Curitiba - PR

Anúncio
Tóquio 2020 Papo de Judoca

Wazari ou não wazari? Eis a questão

A luta mais polêmica (até agora) nos Jogos Olímpicos de Tóquio foi entre a brasileira Maria Portela e a russa Madina Taimazova

28/07/2021 às 19h30 Atualizada em 28/07/2021 às 19h48
Por: LEANDRO GEORGETE
Compartilhe:
Foto: Gaspar Nóbrega/COB
Foto: Gaspar Nóbrega/COB

Perder é normal. Perder faz parte do esporte! Mas perder dessa maneira é devastador. Concordo com você Portela, concordo com o seu choro e com sua frustração de não chegar ao pódio. 

Você não merecia isso! Aliás, nenhum atleta merecia passar por isso: ser realmente roubado, ter sua luta e seu caminho em uma competição prejudicado por uma arbitragem, ainda mais em uma Olimpíada, que acontece a cada 4 anos E não foi só contigo que aconteceu. Notas duvidosas no skate, surfe e agora um wazari nítido a seu favor, a favor do Brasil inteiro.

Olha, se aquele sode não foi um wazari, eu paro de escrever essa coluna. Como uma atleta me roda, gira com os ombros no chão e não me dão nenhuma pontuação? De acordo com a regra da IJF, sim, foi wazari sim! O que aconteceu contigo, já aconteceu com todos nós judocas. Em alguma competição da vida já fomos “assaltados” em alguma luta nossa. Mas é INADMISSÍVEL acontecer isso em um Jogos Olímpicos, onde não só os atletas, mas os árbitros estão extremamente preparados para tal competição.

Sim, eu estou extramente indignado com isso, mas não estou desapontado com sua garra e determinação, como sempre teve ao vestir o kimono e representar o Brasil. Lembre-se que a arbitragem tirou a sua medalha individual, mas como você mesmo disse na entrevista a Rede Globo, vai fazer de tudo para sair com uma medalha olímpica no por equipe! Parabéns Maria Portela, por tudo! Vamos conquistar essa medalha que seu sonho virou o sonho de milhares de brasileiros!!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias