Sexta, 30 de Julho de 2021 23:06
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

Richarlison brilha e Brasil vence a Alemanha na estreia das Olimpíadas

Com três gols no primeiro tempo, Richarlison comandou a vitória brasileira

22/07/2021 13h59 Atualizada há 1 semana
Por: FABRÍCIO ROCHA
Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP via Getty Images
Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP via Getty Images

Brasil e Alemanha mediram forças no Estádio Internacional de Yokohama, o mesmo que em 2002 o Brasil derrotou os germânicos na final da Copa do Mundo. Revivendo o confronto da última final olímpica, Brasil e Alemanha fizeram um jogo animado na estreia nos Jogos Olímpicos, depois de um primeiro tempo avassalador do time canarinho abrindo 3 a 0, os alemães equilibraram no segundo tempo e diminuíram para 3 a 2, nos acréscimos o time brasileiro decretou a vitória com mais um gol.

1° Tempo

No primeiro tempo o Brasil não perdoou a defensa alemã. Os atletas da atual vice campeã das Olimpíadas, apenas observaram os atletas brasileiros passear em campo. E não demorou muito para o Brasil balançar as redes, logo aos 6 minutos, Richarlison inaugurou o placar em jogada que começou com Matheus Cunha e Antony. Brasil 1 x 0 Alemanha.

O Brasil continuou espremendo a Alemanha no campo defensivo, e depois de cinco chutes em menos de 15 minutos, o segundo tento parecia que logo iria sair. Aos 21 minutos, Richarlison apareceu de cabeça para novamente marcar. Brasil e Richarlison no ataque é sinônimo de gol, e aos 30 minutos Hat-Trick brasileiro. A seleção brasileira, poderia ter ido com 4 a 0 a seu favor para o intervalo, mas Matheus Cunha perdeu pênalti aos 45 minutos.

 2° Tempo

A Alemanha mexeu no seu sistema defensivo, tirando Pieper e colocando Torunarigha, a equipe alemã mostrou outra face, aos 11 minutos da etapa complementar, Amiri diminuiu em um canhão de fora da área. Mas apesar do gol alemão, o Brasil continuava atacando e a Alemanha respondia, criando chances para as duas equipes.

O Brasil com Daniel Alves foi para o ataque, e Arnold interrompeu o lance com uma falta bruta, que culminou em sua expulsão.  Com um jogador a mais no campo, o Brasil resolveu mudar, colocando Malcom, Reinier e Paulinho, sacando do time Claudinho, Richarlison e Antony.

Mas, mesmo com jogador a mais em campo, quem parecia estar com 10 era o Brasil e a Alemanha aproveitou disso, e veio com tudo para cima do Brasil, e aos 38 minutos, Ache, de cabeça fez o segundo dos alemães. O que parecia um filme de terror para o Brasil, virou festa, Paulinho ampliou o marcador para o Brasil, 4 a 2.

Após o jogo desta quinta-feira, o Brasil volta a campo no domingo (25), às 5h30 (de Brasília) para enfrentar a Costa do Marfim, em confronto que vale a liderança da chave.

Já a Alemanha entra em campo no mesmo dia, mas às 8h30 (de Brasília), diante da Arábia Saudita.

 

FICHA TÉCNICA

Brasil 4 x 2 Alemanha

GOLS: Richarlison (7', 22', 30') e Paulinho (90'+5') para o Brasil; Nadiem Amiri (57’) e Ragnar Ache (84') para a Alemanha

BRASIL: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães, Claudinho (Malcom), Antony (Paulinho)e Richarlison (Reinier); Matheus Cunha.

 TÉCNICO: André Jardine

ALEMANHA: Müller; Henrichs, Pieper (Torunarigha), Uduokhai e Raum; Maier, Arnold, Amiri e Stach (Schlotterbeck); Richter (Ache) e Kruse (Löwen). 

 

TÉCNICO: Stefan Kuntz

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias