Sexta, 30 de Julho de 2021 23:02
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Futebol Feminino

Brasil estreia em Tóquio com goleada em cima da China

Com dois de Marta e Debinha comandando o ataque, a seleção feminina de futebol começou os Jogos Olímpicos com o pé direito

21/07/2021 07h49
Por: LEANDRO GEORGETE
Foto: Kohei Chibagara / AFP
Foto: Kohei Chibagara / AFP

E o Brasil estreou muito nos Jogos Olímpicos! Com vitória por 5 a 0 sobre a China, a seleção brasileira feminina do Brasil não deu chance para as chinesas e dominou o jogo inteiro. Marta, Andressa, Bia e Debinha marcaram para o Brasil e comandaram a vitória. A partida marcou a abertura do Grupo F das Olimpíadas em Miyagi, no Japão.

Com dois gols marcados hoje (21), Marta alcança 12 gols na competição e está apenas dois de chegar na brasileira Crsitiane que é recordista do torneio.

 O jogo: 

Logo nos primeiros minutos a seleção brasileira chegou forte no ataque assustando as adversárias. Aos 8 minutos o zero saiu do placar. Bia Zaneratto recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Debinha, que cabeceou no travessão. No rebote, a bola sobrou para Marta chutar de pé esquerdo e fazer o primeiro gol do Brasil.

Aos 21 minutos o time brasileiro ampliou o marcador. Após bela troca de passes, Bia chutou forte e a goleira chinesa, Peng Shimeng deu o rebote e Debinha só empurrou a bola para o gol vazio. 2 a 0 para o Brasil.

Mesmo com dois a zero no placar, o time de Pia Sundhage continuou indo para cima e quase fez o terceiro gol com a Érika, que tentou completar para as redes após o cruzamento. 

O primeiro grande susto que a China deu ao Brasil veio aos 39 minutos de jogo, quando o ataque veio com um cruzamento de Zhang Xin, com Rafaelle travando o chute dentro da área. A bola continuou com a seleção asiática e Miao Siwen chutou forte da entrada área e Bárbara fez linda defesa, jogando a bola para escanteio.

Na segunda etapa a China voltou melhor e logo aos dois minutos Wang Shanshan foi lançada ao ataque e Bárbara teve que sair até o limite da área para evitar a tentativa de gol. 

No lance seguinte, a mesma chinesa foi lançada novamente pela direita e dessa vez conseguiu a finalização que parou na trave brasileira. Na sobra Miao Siwen chutou por cima do travessão. 

O time brasileiro demorou para reagir e chegar ao ataque. Quando chegou, aos 13 minutos, foi mais um perigo para a goleira Peng Shimeng. Debinha recebeu na entrada da área, girou e chutou para o gol, Peng espalmou, e a bola ainda bateu no travessão antes da zaga chinesas tirar a bola para escanteio.

Em falha de posicionamento brasileiro, a China quase diminuiu o placar com um chute cruzado aos 21 minutos. Bárbara teve que se esticar e espalmar com a ponta dos dedos para salvar o Brasil. A bola ainda bateu em sua trave esquerda. 

Com 28 minutos Marta começou e terminou a jogada do terceiro gol brasileiro. Marta cruzou para Bia, que tentou o chute foi desarmada pela defesa chinesa. Com o desarme mal feito, a bola sobrou para a rainha que chutou direto no cantinho do gol para ampliar o placar. 

Mesmo com o 3 a 0, a China não desistiu e continuava indo para o ataque. Logo após o gol brasileiro, um cruzamento que saiu errado quase encobriu Bárbara que conseguiu espalmar e não ser vazada. No rebote, Wurigumula cabeceou forte, mas acertou o travessão.

No lance seguinte mais uma jogada de efeito brasileira. Andressa Alves pegou a sobra do cruzamento e foi derruba na área por Wang Xiaoxue e a árbitra marcou pênalti para o Brasil. Na cobrança, a mesma Andressa mandou no cantinho esquerdo da goleira.

Aos 43 minutos, Debinha recuperou a bola no ataque que cruzou para Bia Zaneratto desviar de pé esquerdo e fazer o quinto e último gol brasileiro em Miyagi.

Na segunda rodada do Grupo F, a seleção brasileira enfrenta a Holanda, no sábado (24) às 8h, no horário de Brasília. As chinesas encaram a Zâmbia no mesmo dia às 5h, no mesmo horário de Brasília. 

Ficha Técnica China 0 x 5 Brasil

Data: 21 de julho de 2021 (Quarta-feira)

Local: Miyagi / Japão

Escalações

China: Peng Shimeng; Luo Guiping, Wang Xiaoxue, Li Qingtong, Li Mengwen; Wang Yan (Wurigumula), Yang Lina, Miao Siwen (Liu Jing), Wang Shuang; Zhang Xin (Xiao Yuyi) e Wang Shanshan.

Técnico: Jia Xiuquan.

Brasil: Bárbara, Bruna Benites, Érika, Rafaelle e Tamires; Formiga (Julia Bianchi), Andressinha, Duda (Andressa Alves) e Marta (Ludmila); Bia Zaneratto e Debinha.

Gols: Marta aos 8 minutos do 1T e aos 28 minutos do 2T; Debinha aos 21 minutos do 1T; Andressa Alves aos 36 minutos do 2T e Bia Zaneratto aos 43 minutos do 2T;

 

Técnico: Pia Sundhage.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias