Sexta, 30 de Julho de 2021 23:50
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

“Estou batalhando bastante para me tornar um dos maiores atletas olímpicos brasileiros", diz Isaquias Queiroz

Aos 27 anos e donos de três medalhas olímpicas na Rio 2016, canoísta quer se tornar o maior brasileiro da história dos Jogos

20/07/2021 13h22 Atualizada há 1 semana
Por: DANILO GEORGETE
Foto: Jonne Roriz/COB
Foto: Jonne Roriz/COB

Isaquias Queiroz foi o grande nome do Brasil nas Olimpíadas Rio 2016 e em Tóquio ele quer repetir o feito. Em entrevista coletiva do Time Brasil o atleta deixou bem claro "Estou batalhando bastante para me tornar um dos maiores atletas olímpicos brasileiros.". Se no Rio ele competiu em três provas e conquistou três medalhas (duas pratas e um bronze), em Tóquio ele vai competir em duas e quer buscar o pódio em ambas.

"Eu me preparei ao máximo, foram cinco anos de treinamento, sempre me cuidando. Depende só de mim. E acredito que posso chegar mais longe ainda", caso ele conquiste mais duas medalhas vai se igualar aos velejadores Robert Scheidt e Torben Grael com cinco medalhas olímpicas.

Queiroz compete no C1 1.000m e C2 1.000m, no C2 ele não vai ter a companhia de Erlon Souza que  subiu ao pódio com ele na Rio 2016, lesionado o parceiro de Isaquias ficou de fora dos Jogos de Tóquio, o novo companheiro é Jacky Godmann. Mas a nova dupla não é tão nova assim e já competiram juntos em uma etapa da Copa do Mundo, em Budapeste, onde ficaram com a medalha de bronze.

Isaquias estreia nos Jogos Olímpicos no dia 1º de agosto, nas eliminatórias do C2 1.000m ao lado de Jacky Godmann. A final da categoria será no dia 2/8. Três dias depois, no dia 5 de agosto, ele compete nas eliminatórias do C1, e a final vai acontecer no dia seguinte, 6/8. 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias