Sábado, 31 de Julho de 2021 00:14
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

Bruninho e Ketleyn Quadros serão os porta-bandeiras do Brasil nas Olimpíadas

Medalhistas olímpicos terão a honra de carregar a bandeira do país na cerimônia de abertura em Tóquio

16/07/2021 21h45
Por: DANILO GEORGETE
Foto: Divulgação / COB
Foto: Divulgação / COB

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou na noite desta sexta-feira (16), no Brasil, e manhã de sábado em Tóquio, o casal porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Bruninho, capitão da seleção brasileira de vôlei e três vezes medalhista olímpico (prata em Pequim 2008 e  Londres 2012, e ouro na Rio 2016) e a judoca Ketleyn Quadros, primeira mulher brasileira a ser medalhista em esporte individual (bronze Pequim 2008) são os escolhidos.

Ketleyn disse que vai passar um filme na cabeça na hora da cerimônia. “Tenho 33 anos e uma vida dentro da modalidade. Não falo isso com peso não, eu amo o que eu faço. Acho que vai passar um filme na minha cabeça quando eu tiver lá e saber que tudo que passei valeu à pena”, completou.

Já Bruninho disse que uma das primeiras pessoas que contou sobre a escolha foi seu pai, o multicampeão Bernardinho. "Depois que soube, contei apenas para algumas pessoas muito próximas, entre eles meu pai, uma pessoa que sempre guiou, que foi muito importante na minha carreira, primeiro como jogador, fazendo parte de uma geração pioneira, depois como técnico da geração mais vitoriosa história, que culminou com o ouro olímpico da superação".

Ele ainda descreveu que será um momento marcante na sua carreira. Representar a todos no maior momento do esporte mundial, eu não sei nem o que dizer, só na hora que vamos sentir na pele essa emoção e será um momento muito marcante”, disse Bruninho. 

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 acontecerá na próxima sexta-feira (23) às 8h (horário de Brasília).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias