Sexta, 30 de Julho de 2021 22:20
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

Zico participa do revezamento da tocha olímpica no Japão

Ídolo da seleção brasileira e do Flamengo ele não foi convidado a participar do revezamento da tocha olímpica na Rio-2016

04/07/2021 09h20 Atualizada há 4 semanas
Por: DANILO GEORGETE
Foto: Divulgação / Instagram do Zico
Foto: Divulgação / Instagram do Zico

Finalmente chegou o dia do Zico carregar a tocha olímpica, um pouco atrasado, mas chegou. O ídolo da seleção brasileira e do Flamengo participou neste domingo no Japão do revezamento na cidade de Kashima, onde atuou como jogador entre 1991 até 1994, e hoje é diretor técnico do Kashima Antlers

Zico tem uma longa história com o futebol japonês, ele foi um dos pioneiros na popularização da modalidade no país, ele também treinou a seleção nacional entre 2002 e 2006. Em suas redes sociais Zico expressou toda a felicidade do momento vivido.

"Um dia inesquecível em minha vida. Muitas coisas aconteceram em minha vida quando chegava Olimpíadas. Quase parei de jogar futebol por causa de ter sido cortado, não pelo corte em si porque todo tecnico precisa ter liberdade para convocação, mas por ja cedo ter duvida em confiar na palavra das pessoas.Depois no meu País e na minha cidade terem me negado essa oportunidade de carregar a Tocha Olímpica. Hoje realizei meu sonho de participar de uma Olimpíada. Agradeço o Kashima Antlers, a cidade de Kashima e ao Japão por terem me dado essa oportunidade. Fiquei emocionado e posso dizer que tranquilamente considero encerrado meu ciclo esportivo que Deus me proporcionou. Corri junto com jogadores com quem joguei, Honda, e dirigi tanto no Kashima como na Seleção Japonesa, Nakata Koji, Takayuki Suzuki e Narahashi, que tão bem representaram o Kashima Antlers. Fica aqui meu agradecimento a todos que me enviaram mensagens de carinho e ao povo japones pelo respeito e gratidão a minha dedicação ao desenvolvimento do futebol japones. Depois posto mas fotos e vídeos.", disse.

Zico em frente a sua estátua na cidade de Kashima. Foto: Reprodução Instagram Zico.
Zico em frente a sua estátua em Kashima. Foto: Reprodução Instagram Zico.

 

IGNORADO DO REVEZAMENTO NO BRASIL

 

O sonho de Zico poderia ter sido realizado em sua cidade natal, mas em 2016 ele não foi convidado para participar do revezamento da tocha olímpica na Rio-2016. Em entrevista recente ao Globoesporte.com ele citou a frustação e ainda deu uma alfinetada na organização dos Jogos do Rio.

"Infelizmente não fui convidado em 2016. Tem muita gente que carregou e que está em cana hoje, com tornozeleira eletrônica. A gente que faz muita coisa para o país, para o estado, a cidade. Isso é uma marca muito grande, que vai ficar para sempre. Mas tudo bem, que eles sejam felizes - disse, ironizando o atual dirigente do Kashima Antlers.", afirmou em entrevista.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias