Sábado, 31 de Julho de 2021 00:37
(41) 98889-8341
Campeonato Brasileiro Série B

Léo Gamalho marca dois gols e Coritiba derrota o Remo no Couto Pereira

Em jogo bem movimentado, o Coxa conseguiu reagir após sofrer o empate e se mantém mais uma rodada na vice-liderança com um jogo a menos

02/07/2021 20h53
Por: LEANDRO GEORGETE
Foto: Twitter/Coritiba Foot Ball Club
Foto: Twitter/Coritiba Foot Ball Club

Em noite inspirada de Léo Gamalho, o Coritiba venceu o Remo por 2 a 1 nesta sexta-feira (02), no Couto Pereira, em Curitiba, pela 9ª rodada do Brasileirão Série B. O Coxa, que se manteve como vice-líder da competição, vinha embalado com quatro vitórias seguidas sem sofrer gols. Além disso teve a volta de dois titulares (Rafinha e Léo Gamalho), que ajudaram o time a emendar a quinta vitória no torneio. O Remo que chegou em Curitiba já pressionado, vive um momento ainda mais tenso com essa derrota.

 

O jogo:

Quem começou com a bola foi o Remo que já tentou o lançamento para o ataque, mas o Coritiba logo roubou e ficou com a posse. No primeiro ataque, antes do primeiro minuto um susto pro goleiro Vinicius. Em lançamento, Igor Paixão escorou a bola para Léo Gamalho que chegou chutando forte de fora da área, mas a bola desviou na zaga.

 

O Coritiba tentava chegar ao ataque com troca de passes, mas durante os primeiros 15 minutos não conseguiu entrar na área. Já o Leão Azul apostava mais no contra-ataque para pegar a defesa desprotegida.

 

Aos 24 minutos foi a vez do Remo ter a primeira grande oportunidade de abrir o placar. Em falta perto da área, Felipe Gedoz levantou a bola na área, que passou por todo mundo e Anderson Uchôa com o pé empurrou para a linha de fundo. Grande chance desperdiçada. 

 

O Coritiba respondeu rápido e duas vezes seguidas. Val fez o lançamento para dentro da área para Igor Paixão que dominou já tocando para o meio. Quem chegou enchendo o pé foi o camisa 9, Léo Gamalho. Para a sorte do time visitante, Vinicius fez uma defesaça e salvou o time. No lance seguinte, Lucas Siqueira tenta recuar para Vinicius, mas o passe sai errado e novamente Léo Gamalho chegou chutando forte. Mais uma vez o goleirão teve que salvar o Remo. 

 

Aos 36 minutos, mais uma vez o Coxa chegou com perigo no ataque com um belo chute de Robinho de fora da área que resultou em escanteio. O time curitibano crescia no jogo, colocando mais pressão no ataque. 

 

Na segunda etapa o time da casa já começou indo para cima e pressionando o adversário. Nos primeiros cinco minutos, pelo menos quatro ótimas chegadas na área pela lateral esquerda. Em duas delas resultou em defesas do goleiro do Remo. 

 

O Leão Azul tinha dificuldades de sair do campo de defesa com a forte marcação do Coxa, que rapidamente conseguia recuperar a bola. Em uma dessas recuperações, aos 11 minutos, Léo Gamalho recebeu a bola na intermediária, carregou e soltou o pé. A bola ainda desviou no zagueiro e foi direto para o fundo da rede. 

 

Mas no lance seguinte, logo na saída de bola, veio a reação do Remo. Igor Fernandes fez o cruzamento da esquerda e Erick Flores subiu mais que a zaga Coxa-branca e cabeceou no contrapé de Wilson para empatar e botar fogo no jogo.

 

O Coxa não sentiu o gol e foi logo para cima novamente tentar o segundo tento. Em um lance individual, Igor Paixão enganou todo mundo e quase encobriu o goleiro Vinicius, que estava adiantado e conseguiu se salvar no lance. 

 

A partida ficou mais movimentada e aberta, com as duas equipes buscando o gol da vitória. O Remo até chegava mais vezes perto da área, mas não conseguia entrar. Por outro lado, o ataque Coxa-branca não conseguia controlar a bola para tentar uma infiltração, ou até mesmo chegar pelas laterais com já vinha tentando. Aos 28 minutos em bola cruzada da direita, Gamalho ajeitou com o peito para Willam Alves que girou e bateu firme pro gol. Vinicius encaixou a bola e salvou o time visitante. 

 

Aos 29 minutos o Remo até chegou a empurrar a bola pro gol, mas o bandeirinha deu o impedimento. O Coritiba, que não tinha tempo a perder, cobrou rápido e armou o contra-ataque. Cruzamento na área e no segundo pau, novamente ele, Léo Gamalho, o grandão subiu e cabeceou em direção ao chão e para o fundo do gol. Segundo dele na noite e mais uma vez o time curitibano na frente.

 

Léo Gamalho ficou com a confiança lá em cima e aos 33 minutos, quase mais um dele. O camisa 9 arriscou de fora área e o goleiro bateu roupa e por pouco a bola não sobrou para William Alves. O Coritiba se fechou na defesa e começou a jogar pelo contra-ataque. Nos minutos finais o Remo até pressionou, mas não conseguiu empatar a partida novamente. 

 

Na terça-feira (06) às 19h, o Coritiba enfrenta o Cruzeiro no Mineirão, em Belo Horizonte pela 10ª rodada do torneio nacional. Já o Remo encara o Vila Nova no Baenão, em Belém, na quinta-feira (08), às 21h.

 

Ficha Técnica Coritiba x Remo 

Data:  02 de julho de 2021 (Sexta-feira).

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira - Curitiba/PR.

Árbitro: Adriano Barros Carneiro (CE).

Escalações

Coritiba: Wilson; Natanael; Henrique; Luciano Castán; Guilherme Biro; Matheus Sales; Val (Gustavo Bochecha); Robinho (Rafinha); Waguininho (William Alves); Igor Paixão (Igor) e Léo Gamalho (Romário).

Cartões amarelos: Matheus Sales.

Gols: Léo Gamalho aos 11 minutos e aos 29 minutos do 2T;

Remo: Vinícius; Thiago Ennes; Romércio; Kevem; Igor Fernandes (Edson Cariús); Anderson Uchôa (Arthur); Lucas Siqueira; Felipe Gedoz; Erick Flores (Wallace); Rafinha (Thiago Miranda) e Renan Gorne (Marlon).

Cartões amarelos: Anderson Uchôa, Thiago Miranda, Thiago Ennes, Romércio

Gols: Erick Flores aos 12 minutos do 2T;

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias