Sábado, 31 de Julho de 2021 00:15
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

Judoca paranaense vai em busca de sua terceira medalha olímpica em Tóquio

Rafael "Baby" Silva é medalhista de bronze nos Jogos de Londres-2012 e Rio-2016

16/06/2021 15h06 Atualizada há 1 mês
Por: DANILO GEORGETE
Foto: Danilo Verpa/Folha de S.Paulo/NOPP
Foto: Danilo Verpa/Folha de S.Paulo/NOPP

Natural de Rolândia, norte do Paraná, o judoca Rafael "Baby" Silva foi convocado nesta quarta-feira (16) para sua terceira Olimpíada. Medalhista de bronze nos Jogos de Londres-2012 e Rio-2016, o paranaense vai em busca de sua terceira medalha olímpica, o que o colocaria como o maior medalhista brasileiro na história do judô. Além da disputa individual, Baby também terá chance de brigar por medalha na disputa por equipes mista que vai estrear em Tóquio nos Jogos Olímpicos.

O judoca iniciou tarde na categoria, apenas aos 15 anos começou a praticar o esporte, mas logo se sobressaiu frente aos adversários e se mudou para treinar no Projeto Futuro, em São Paulo. Posteriormente começou a treinar no Clube Pinheiros, o mesmo que defende nos dias atuais.

Além das duas medalhas olímpicas, Rafael Silva também é dono de quatro medalhas em Campeonatos Mundiais -  prata no Rio em 2013 e bronze em Cheliabinsk 2014, Budapeste 2017 e Budapeste 2021. Além de ter também três medalhas na disputa por equipes mistas dos mundiais, sendo prata em Budapeste 2017, e bronze em Tóquio 2019 e Budapeste 2021.

Rafael Silva luta na categoria +100kg e atualmente está  em 7º lugar no ranking mundial da categoria. Ele será um dos cabeças de chave nos Jogos de Tóquio.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias