Terça, 15 de Junho de 2021 10:53
(41) 98889-8341
Tóquio 2020 Tóquio 2020

COI anuncia a Equipe Olímpica de Refugiados dos Jogos Tóquio 2020

29 atletas refugiados são selecionados para disputar os Jogos Olímpicos; Judoca que mora no Brasil é um dos convocados

08/06/2021 08h46 Atualizada há 6 dias
Por: DANILO GEORGETE
Foto: Divulgação / COI
Foto: Divulgação / COI

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira (06), a Equipe de Refugiados dos Jogos de Tóquio 2020. A segunda equipe de refugiados do COI vai contar com 29 atletas, um número quase três vezes maior do que a equipe que disputou a Rio-2016. O time de refugiados vai estar presente em 12 modalidades: atletismo, badminton, boxe, canoagem, ciclismo, judô, caratê, taekwondo, tiro, natação, levantamento de peso e wrestling.

Entre os refugiados convocados para Tóquio 2020 está um judoca que treina no Brasil. O congolês Popole Misenga, que já fez parte do time de refugiados na Rio-2016, vai disputar sua segunda Olimpíada. No Rio de Janeiro o atleta teve um bom desempenho e acabou sendo eliminado nas oitavas de final após dar trabalho para o campeão mundial Gwak Dong-han que acabou com a medalha de bronze nos Jogos.

Popole competindo no Brasil. Foto: FlashSport/FJERJ
Popole competindo no Brasil.  Foto: FlashSport/FJERJ

 

"Os atletas refugiados são um enriquecimento para todos nós em toda a comunidade olímpica", disse o presidente do COI, Thomas Bach, na cerimônia virtual de Lausanne. "As razões pelas quais criamos esta equipe ainda existem. Temos mais pessoas deslocadas à força no mundo agora e, portanto, nem é preciso dizer que queríamos criar uma Equipe Olímpica de Refugiados do COI para as Olimpíadas de Tóquio em 2020".

A equipe ficará na Vila Olímpica, como todos os outros 206 Comitês Olímpicos Nacionais participantes, e continuará recebendo apoio do COI após os Jogos.

Confira abaixo todos os atletas convocados.

Abdullah Sediqi (Afeganistão)  - Taekwondo (-68 kg masculino)

 

Ahmad Baddredin Wais (República Árabe Síria)  - Ciclismo (estrada masculina)

 

Ahmad Alikaj (República Árabe Síria) - Judo (equipe mista masculina)

 

Aker Al Obaidi (Iraque)  - Luta Livre (Greco-Romano Masculino -67 kg)

 

Alaa Maso (República Árabe Síria)  - Natação (50 m livres masculinos)

 

Anjelina Nadai Lohalith  (Sudão do Sul)  - Atletismo (1500m feminino)

 

Aram Mahmoud (República Árabe Síria)  - Badminton (individual masculino)

 

Cyrille Fagat Tchatchet II (Camarões)  - Halterofilismo (-96kg masculino)

 

Dina Pouryounes Langeroudi (República Islâmica do Irã) - Taekwondo (49 kg feminino)

 

Dorian Keletela  (Congo)  - Atletismo (100 m masculino)

 

Eldric Sella Rodriguez (Venezuela)  - Boxe (75 kg masculino)

 

Hamoon Derafshipour (República Islâmica do Irã)  - Karate (-67 kg masculino)

 

Jamal Abdelmaji Eisa Mohammed (Sudão)  - Atletismo (5.000 m masculino)

 

James Nyang Chiengjiek (Sudão do Sul)  - Atletismo (800 m masculino)

 

Javad Majoub (República Islâmica do Irã) - Judo (equipe mista masculina)

 

Kimia Alizadeh Zenozi (República Islâmica do Irã)  - Taekwondo (57kg feminino)

 

Luna Solomon (Eritreia)  - Tiro (rifle de ar feminino de 10 m)

 

Masomah Ali Zada ​​(Afeganistão)  - Ciclismo (estrada feminina)

 

Muna Dahouk (República Árabe Síria) - Judo (Seleção Feminina Mista)

 

Nigara Shaheen (Afeganistão) - Judo (equipe mista feminina)

 

Paulo Amotun Lokoro  (Sudão do Sul)  - Atletismo (5.000 m masculino)

 

Popole Misenga (República Democrática do Congo)  - Judô (equipe mista masculina)

 

Rose Nathike Lokonyen  (Sudão do Sul)  - Atletismo (800 m feminino)

 

Saeid Fazloula (República Islâmica do Irã)  - Canoa (500 m masculino)

 

Sanda Aldass (República Árabe Síria)  - Judô (equipe mista feminina)

 

Tachlowini Gabriyesos (Eritreia)  - Atletismo (maratona masculina)

 

Wael Sheub (República Árabe Síria)  - Karate (Kata Masculino)

 

Wessam Salamana (República Árabe Síria)  - Boxe (-57kg masculino)

 

Yusra Mardini (República Árabe Síria)  - Natação (100 m borboleta feminino)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias