Quarta, 27 de Outubro de 2021
22°

Muitas nuvens

Curitiba - PR

Campeonato Brasileiro Brasileirão 2021

Jadson brilha, Furacão vence o Juventude e mantém 100% no Brasileirão

O resultado coloca o rubro-negro na vice-liderança do campeonato com 6 pontos alcançados

06/06/2021 às 18h37 Atualizada em 06/06/2021 às 20h46
Por: GUILHERME DIAS
Compartilhe:
Jadson brilha, Furacão vence o Juventude e mantém 100% no Brasileirão

Na noite deste domingo (06), no Estádio Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul, Juventude e Athletico entraram em campo pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Na noite fria de Caxias, Jadson e Nikão esquentaram o jogo, marcando os 3 gols da partida. Com resultado, o rubro-negro mantém o 100% no brasileirão e encosta na liderança da competição.

De olho no jogo da volta da Copa do Brasil, contra o Avaí, na próxima quarta-feira (09), o técnico português António Oliveira mandou a campo uma equipe mista. Porém, ao longo do jogo colocou os titulares, que fizeram a diferença e confirmaram a vitória do time paranaense. 

Juventude 0 x 3 Athletico

O jogo começou com uma neblina muito forte em Caxias, e parece que o frio contagiou os jogadores, que fizeram um primeiro tempo completamente sem emoção. Ao todo foram 9 finalizações, que não levaram nenhum tipo de perigo aos gols de Marcelo Carné e Santos. O técnico rubro-negro ficou tão irritado à beira do gramado que foi advertido com um cartão amarelo por reclamação 

O lance mais perigoso da primeira etapa aconteceu aos 27 minutos, em um cruzamento da intermediária de Guilherme Castilho, o centroavante Matheus Peixoto cabeceou completamente sozinho, para fora.

No segundo tempo, Jadson colocou fogo na partida. Logo no primeiro minuto, a equipe visitante saiu no contra-ataque, Canesin achou Marcinho na direita, que cruzou para Jadson. O meia de 1,68m de altura surgiu como elemento surpresa no meio da zaga e testou para o fundo da rede do Juventude, abrindo o placar. Furacão 1x0.

Quatro minutos depois, novo contra-ataque do time paranaense, dessa vez, Cittadini partiu pela direita e achou Babi na entrada da área, o centroavante cruzou para Carlos Eduardo, que fez um lindo corta luz, deixando para Jadson, sozinho, que chutou no ângulo de Marcelo Carné, ampliando a vantagem para 2x0.

Mesmo levando dois gols, o time gaúcho não se acuou e tentou chegar ao gol em duas chegadas, mas não conseguiu levar perigo a meta de Santos. Aos 16 minutos, o técnico António Oliveira promoveu a primeira alteração no Furacão e colocou Nikão no lugar de Canesin.

Com 23 minutos, o Juventude quase diminuiu. Após cobrança de escanteio de Chico, Victor Mendes subiu mais alto que a zaga e a bola tirou tinta da trave. Aos 26, Nicolas respondeu em uma cobrança de falta com muita força, obrigando Marcelo Carné a se esticar para fazer a defesa.

Aos 35 minutos, o Athletico dominava a partida, mas António Oliveira queria mais e colocou Vitinho, Terans e Kayzer no jogo. Aos 41 minutos, Paulo Autuori, diretor técnico do CAP levou amarelo por reclamação, e continuou esbravejando, levando o segundo amarelo e sendo expulso.

As mexidas do técnico português fizeram efeito, e aos 41 minutos, em jogada começada por Vitinho, ele achou Terans na área que cruzou para Kayzer, o centroavante deu uma furada bisonha, porém a bola sobrou para Nikão, que chegou fuzilando e fechando o resultado. Foi a segunda assistência do uruguaio, em dois jogos com a camisa do CAP.

Aos 47, Nikão ainda tentou mais uma vez, mas o goleiro Marcelo Carné salvou o time da casa. Assim, o árbitro nem deixou cobrar o escanteio, finalizando a partida. Athletico 3x0 Juventude.

Com o resultado, o rubro-negro atinge 6 pontos, e empatando na liderança com o Fortaleza. O Juventude assume a 15ª colocação, com apenas 1 ponto.

O Juventude volta a campo no próximo sábado (12), às 19h para enfrentar a equipe do Santos, na Vila Belmiro. Enquanto o Athletico tem o compromisso pela Copa do Brasil, no jogo de volta contra o Avaí, na próxima quinta-feira (09), também às 19h, na Arena da Baixada.

 

FICHA TÉCNICA

Data: 06 de junho de 2021 (domingo)

Horário: 18h15

Estádio: Estádio Alfredo Jaconi (Caxias do Sul/RS)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)

Árbitro de Vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

 

Cartões amarelos: António Oliveira (Athletico), Jaime Alvarado (Athletico), Matheus Babi (Athletico), Paulo Autori 2x (Athletico).

Cartões vermelhos: Paulo Autuori (Athletico).

 

GOLS

Athletico: Jadson, aos 01 e 04 minutos do 2T e Nikão, aos 43 do 2T.

 

Juventude: Marcelo Carné; Michel, Victor Mendes, Rafael Foster (Cleberson), Alyson; João Paulo (Matheus Jesus), Guilherme Castilho, Wescley; Capixaba (Marcos Vinicios), Matheus Peixoto (Fernando Pacheco) e Chico.

Técnico: Marquinhos Santos

 

Athletico: Santos; Marcinho, Zé Ivaldo, Thiago Heleno, Nicolas; Jaime Alvarado (Richard), Léo Cittadini, Fernando Canesin (Nikão), Jadson (Terans); Carlos Eduardo (Vitinho) e Matheus Babi (Kayzer).

Técnico: António Oliveira 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias