Sábado, 15 de Maio de 2021 23:42
(41) 98889-8341
Anúncio
Geral Brasil

Brasil fica sem medalha no primeiro dia de World Masters no judô

Na madrugada desta segunda-feira (11) começou o ano de 2021 para o judô mundial. A competição que abre o calendário extenso desse ano é o World Masters, em Doha, no Catar, que reúne os 36 melhores do ranking mundial de cada categoria de peso. O Brasil foi em peso para o torneio que dura até quarta (

11/01/2021 19h26
30
Por: Redação
Brasil fica sem medalha no primeiro dia de World Masters no judô

Na madrugada desta segunda-feira (11) começou o ano de 2021 para o judô mundial. A competição que abre o calendário extenso desse ano é o World Masters, em Doha, no Catar, que reúne os 36 melhores do ranking mundial de cada categoria de peso. O Brasil foi em peso para o torneio que dura até quarta (13).

Os brasileiros que lutaram na madrugada de hoje (11) não conseguiram chegar ao menos nas quartas de final. O melhor colocado e único a ganhar o primeiro confronto foi Daniel Cargnin (-66kg), que perdeu as oitavas de final para o atual vice-campeão olímpico, Baul An. Cargnin, sexto no ranking mundial, em sua primeira luta superou o israelense Tal Flicker, ex-número um do mundo, mas parou na competição quando foi superado por três punições na luta contra o sul-coreano Baul An. No mesmo peso, o estreante em Masters, Willian Lima, não conseguiu passar da primeira luta, caiu por ippon, diante do uzbeque Sardor Nurillaev. 

No peso ligeiro, até 60kg, o Brasil tinha três representantes, mas nenhum conseguiu avançar da primeira luta. Eric Takabatake era um dos cabeças de chave do torneio, mas perdeu de wazari no golden score para Temur Nozadze, da Geórgia. Phelipe Pelim não conseguiu se adaptar ao estilo de luta agressivo do francês Walide Khyar e sofreu três punições. O medalhista de bronze em Londres 2012, Felipe Kitadai também perdeu pelas punições sofridas na luta contra o britânico Ashley McKenzie. 

A única mulher brasileira a lutar hoje foi a Larissa Pimenta. A jovem judoca que vem sendo uma das esperanças de medalha para o Brasil em Tóquio, perdeu em sua primeira luta para a sul-coreana, Park da Sol, que forçou três punições para a brasileira. 

Amanhã (12) o Brasil tem cinco chances de para buscar a primeira medalha no ano olímpico. Ketleyn Quadros (63kg), Aléxia Castilhos (63kg), Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg) e Eduardo Yudy (81kg) entrarão em ação nas preliminares a partir das 5h no horário de Brasília. Se avançarem para disputas de medalhas, as finais serão a partir das 11h.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias