Sábado, 15 de Maio de 2021 23:47
(41) 98889-8341
Anúncio
Geral Paraná

Paraná perde para o Vitória e não é mais líder da Série B

Na tarde deste sábado o Paraná enfrentou o Vitória no Estádio Barradão em Salvador. O jogo foi válido pela 6ª rodada do Brasileirão Série B, e valia a liderança para o Tricolor. Os dois times foram eliminados da Copa do Brasil no meio de semana. Vitória e Paraná estavam invictos no campeonato, porém

29/08/2020 18h55
14
Por: Redação
Paraná perde para o Vitória e não é mais líder da Série B

Na tarde deste sábado o Paraná enfrentou o Vitória no Estádio Barradão em Salvador. O jogo foi válido pela 6ª rodada do Brasileirão Série B, e valia a liderança para o Tricolor. Os dois times foram eliminados da Copa do Brasil no meio de semana. Vitória e Paraná estavam invictos no campeonato, porém um pênalti bem cobrado por Léo Ceará deu a vitória ao time baiano.

O Vitória que vinha de cinco empates e apenas uma vitória, conseguiu seu segundo triunfo no brasileirão e tirou a invencibilidade do Paraná. Além de ganhar o jogo, o rubro negro chegou no G4 e está a um ponto do time curitibano que continua na segunda colocação.

O jogo

O Vitória começou fazendo valer a pena o mando de campo e antes dos 4 minutos chegou a finalizar mais vezes, alguns chutes para fora e nas mãos do goleiro Paranista Alisson. A pressão rubro negra aconteceu ao longo dos 10 primeiros minutos de jogo.

O Paraná trocava passes na defesa mas tinha muita dificuldade de encaixar um ataque até o gol do Vitória. Gabriel Pires e Renan Bressan eram quem a bola procurava em campo.

O Vitória chegava mais na área do tricolor, porém o Paraná começava a gostar mais do jogo. Aos 24 minutos o Paraná teve uma grande chance, com uma falta cobrada por Fabrício direto no gol. A bola passa por cima do travessão, mas deixou em alerta o goleiro Ronaldo.

Vitória e Paraná seguiram com o jogo morno no primeiro tempo. Muitos passes errados para as duas equipes. O rubro negro baiano seguiu pressionando a saída de bola do Paraná, dificultando a ligação com os meias. Renan Bressan, fez um primeiro tempo apagado.

Vitória chutou mais ao gol, principalmente de fora da área, o que é a principal deficiência do clube curitibano no Brasileirão. Já o Paraná chutou 5 vezes, mas com pouca eficiência. Teve mais chances em contra-ataques, porém não souberam aproveitar a oportunidade no primeiro tempo.

Para começar o segundo tempo, o técnico do Vitória, Bruno Pivetti, mexeu na defesa, tirando o zagueiro Maurício Ramos para entrada de Wallace Reis e alterou também o ataque, tirando o atacante Vico para colocar Eron.

O time paranaense voltou mais ligado para a segunda etapa .Com boas jogadas e conseguindo uma ligação com os meias e o ataque. A primeira grande chance do time no início do segundo tempo foi com o Bruno Gomes, que recebeu a bola perto da entrada da área, gira e chuta forte no para uma grande defesa de Ronaldo.

Renan Bressan também voltou mais acesso e por pouco não abriu o placar no Barradão. Bressan tabelou perto da área e bateu colocado para uma grande defesa de Ronaldo.

Após uma pressão inicial do Paraná, foi a vez do time baiano voltou a atacar também. Aos 14 minutos, Rafael Carioca bate o escanteio para o cabeceio do zagueiro Wallace, que passou muito perto do travessão paranista. A melhor chance do Vitória até esse momento.

Allan Aal alterou o ataque colocando Wandson no lugar de Andrey para tentar sair da pressão do Vitória. Mas o Paraná continuou pressionado e vendo seu adversário chegando perto do gol.

O rubro-negro continuou pressionando até que aos 21 minutos  Após uma cobrança de falta ensaiada, Renan Bressan não consegue fazer o corte, a bola sobra para Rafael Carioca que chuta forte e desvia no braço de Fabrício. A arbitragem assinala mão na área e marca o pênalti para o Vitória.

Léo Ceará foi confiante para a cobrança. Bateu forte, no alto do canto direito do goleiro Alisson que nem saiu na foto. Vitória mereceu o gol após grandes chances que por pouco não entraram.

Logo depois do pênalti, Allan Aal chamou o atacante Marcelo e o Volante Karl para entrarem na partida no lugar de Gabriel Pires e Higor Meritão. O Paraná que precisava vencer o jogo para continuar na liderança, ia para o ataque, mas sem chances de gol.

Aos 29 minutos, Bruno Gomes recebe o cruzamento na área, sobe no meio dos zagueiros rubro-negros mas cabeceia fraco para a defesa de Ronaldo.

Bruno Pivetti mexe mais uma vez no time e coloca o volante Jean e o atacante Caicedo no lugar de Fernando Neto e do autor do gol Léo Ceará. Allan Aal também mexeu no time e tirou Bruno Gomes para colocar o meia Thiago Alves.

E a mudança surtiu efeito e o Paraná quase chegou ao gol de empate aos 36. Após uma boa troca de passes dos paranistas, Thiago Alves toca para Renan Bressan que chuta forte e no canto do gol, porém o goleiro Ronaldo caiu certo e colocou a bola para escanteio.

Os minutos finais da partida foram praticamente ataque do Paraná contra a defesa do Vitória. Detalhe para os onze jogadores do Vitória que estavam ajudando na defesa.

O Paraná até que tentava, Jean recebeu livre pelo lado esquerdo e chutou cruzado para bela defesa com o pé do goleiro Ronaldo, evitando o gol de empate. 

Bruno Pivetti ainda tirou o lateral Rafael Carioca para colocar Leocovick para aguentar a pressão do tricolor.

No último lance do jogo Renan Bressan chutou de primeira da entrada da área, e Ronaldo defende mais uma vez. Na sequência, Michel chuta por cima do gol para o final da partida. Vitória do mandante.

O destaque do jogo ficou para o goleiro Ronaldo, do Vitória. Jogou muito e defendeu lances importantes do Paraná. Fez uma bela partida, podendo até mesmo ter evitado um placar a favor do time curitibano.

A próxima partida do Vitória vai ser contra o Confiança, no estádio Batistão em Aracaju, na terça-feira (01) às 21h30. Já o próximo jogo do Paraná será contra a Ponte Preta, em Curitiba, no Durival Britto, na terça-feira (01) também às 19h15.

Foto: Pietro Carpi/ECV


Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias